Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rali Dakar: piloto é atingido por raio

Esloveno Ivan Jakes ainda conseguiu completar a prova, mas teve convulsão e problemas de visão e deve ficar afastado

Um grave acidente marcou a terceira etapa do Rali Dakar, que em 2017 tem sede no Paraguai, na Argentina e na Bolívia. O piloto esloveno Ivan Jakes, da equipe KTM, foi atingido por um raio nesta quarta-feira, quando competia entre as motos. Ele perdeu o controle da moto e teve que ser atendido, mas mesmo assim terminou o trajeto do terceiro estágio.

Jakes foi atingido pelo raio quando ainda faltavam 300 km para o fim da etapa. Atordoado pelo impacto, o piloto fez questão de seguir na disputa e cruzou a linha de chegada em 15º. Ele ainda teve um quadro de convulsão no momento do acidente, porém, após ser encaminhado para um hospital em Jujuy, na Argentina, o quadro do eslovaco se limitou a dores na parte esquerda do corpo e certa dificuldade para enxergar.

Veja também

Após a página do piloto sinalizar que ele poderia se recuperar a tempo de competir no estágio quatro, na manhã desta quinta-feira o diagnóstico não foi tão positivo assim. “Ivan passou mal durante a noite, teve dores de cabeça e também não conseguiu beber água. Foi dormir tarde e adormeceu durante apenas três horas. Pela manhã se sentiu mal novamente e estava pouco comunicativo”.

Ainda assim Ivan Jakes pode ser considerado um sujeito de sorte. Um dos membros de sua equipe explicou que o piloto poderia ter sofrido consequências fatais. “Graças a Deus ele não colocou os pés no chão, porque teria sido com um fio de terra”.

A prova de rali mais famosa do mundo estreou em 1979, ainda com o nome de “Paris-Dakar”.  Desde 2009, é disputado na América do Sul.