Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Proibição de transmissão no YouTube cancela clássico no PR

Atlético Paranaense e Coritiba não aceitaram valores oferecidos pela TV Globo e queriam passar o jogo pela internet, mas a federação estadual vetou

O clássico entre Atlético Paranaense e Coritiba, marcado para este domingo pelo Campeonato Paranaense, foi cancelado porque, segundo a Federação Paranaense de Futebol (FPF), a partida não poderia ser transmitida no YouTube. Diante da proibição, os dois times se recusaram a jogar. A ideia de passar a partida pela internet foi uma iniciativa em comum das diretorias, que estavam insatisfeitas com o valor pago pela TV Globo para as partidas do Estadual.

Os times já estavam em campo para o início do jogo na Arena da Baixada, em Curitiba, quando a FPF ordenou ao árbitro Paulo Roberto Alves para não começar a partida. Segundo a entidade, a equipe contratada pelos clubes para produzir a transmissão do clássico não estava credenciada pela federação local para trabalhar no confronto e, por isso, teria de deixar o campo.

“A Federação mandou uma ordem para a arbitragem de que não pode ser feita a transmissão de dentro do campo porque existe o contrato com a Rede Globo e a Federação não permite que aconteça enquanto não for tirada do campo. Mas nós não temos o contrato com a Globo”, disse o vice-presidente do Coritiba, José Fernando Macedo.

“Os dois clubes não venderam os seus direitos. A Federação de forma arbitrária quer que nós tiremos a nossa transmissão, que não é ligada a nenhuma TV, é uma produtora que nós contratamos. Então, não vai ter jogo”, explicou o diretor de marketing do Atlético, Mauro Holzmann.

As duas diretorias discordaram da imposição de retirar a transmissão do YouTube do ar e pediram para as equipes retornarem aos vestiários. Os jogadores voltaram 45 minutos depois do horário marcado para o pontapé inicial e cumprimentaram as torcidas. De mãos dadas, os atletas dos clubes rivais se reuniram no centro do gramado para agradecer.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Gilberto Almeida

    Como ninrio de janeiro, a federação do Paraná que a parte dela, sem esforço ou trabalho. Os clubes que se danem.

    Curtir

  2. Felipe Atoline

    Parabéns a todos pela coragem. O futebol ainda respira.

    Curtir

  3. José Carlos Lopes de Oliveira

    As federações estaduais de futebol foram criadas para unirem e auxiliarem os clubes, seus afiliados. No entanto, esses objetivos se diluíram em administrações capachistas das redes de TVs. Hoje, quem manda é a TV e isso precisa mudar. Espero que esse ato de coragem dos clubes paranaenses, sirvam para iniciar uma reformulação no futebol gerido por essas federações, que de tutoras se transformaram em nocividades.

    Curtir

  4. Nelson Carvalho

    Parabéns aos clubes.

    Curtir