Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar, Globo, Ronaldo e o conflito de interesses

Capitão se negou a dar entrevistas após fiasco, o que irritou Galvão - e certamente constrangeu o Ronaldo empresário

Neymar, que no primeiro jogo havia dado sinais de amadurecimento, voltou a se descontrolar neste domingo, no vexatório empate com o Iraque. O capitão da equipe se negou a dar entrevistas na saída de campo e na zona mista (área onde os jogadores passam pelos  jornalistas) do Mané Garrincha – ao contrário, por exemplo, de Renato Augusto, o mais vaiado do time, que atendeu toda a imprensa. A atitude de Neymar coloca em discussão seu papel de líder do time e enfureceu quem paga uma fortuna para transmitir a Olimpíada. Saia justa para Ronaldo, que acumula as funções de comentarista da Globo (e eventual crítico de Neymar) e dono de uma das agências que cuida da imagem do atacante, a 9ine.

“As milhões de pessoas que estão em casa têm direito, sim, de ouvir. O seu ídolo, o seu jogador, aquele que joga com a camisa da seleção brasileira. É feio, muito feio, não é profissional, não é ético e não é correto, sair de campo e se negar a falar. Alguém tinha de assumir e falar”, atacou o narrador Galvão Bueno ao ver que nenhum jogador se dispôs a dar entrevistas no gramado. 

Sem citar nomes, Ronaldo tentou apaziguar o clima. “Acho que eles vão falar depois do banho, com a cabeça fria. São jogadores jovens, é de praxe”, disse, imediatamente cortado por Galvão: “É, mas não está certo”. O outro comentarista, Walter Casagrande, e o convidado Gustavo Kuerten também fizeram duras críticas ao time. 

Depois de uma carreira brilhante como atleta, Ronaldo vem acumulando funções: é empresário, comentarista, já atacou de cartola na Copa e cabo eleitoral nas eleições, ambas em 2014. Sua empresa, a 9ine, já não tem mais o prestígio dos anos iniciais, quando despontou na parceria com Anderson Silva, mas, segundo consta em seus sites, ainda tem estrelas em sua cartela de clientes, como a atriz Paolla Oliveira – e Neymar. 

O ex-jogador já disse diversas vezes que não vê conflito de interesses no fato de ter de avaliar o desempenho e as atitudes, em rede nacional, de seu principal cliente. Talvez ele precise explicar isso melhor ao amigo Galvão Bueno depois do fiasco em Brasília.

O narrador esportivo da TV Globo, Galvão Bueno e o comentarista Ronaldo O narrador esportivo da TV Globo, Galvão Bueno e o comentarista Ronaldo

O narrador esportivo da TV Globo, Galvão Bueno e o comentarista Ronaldo (Twitter/Reprodução)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Hermes Alves de Matos

    São sujeitos como o Galvão Bueno e outros da mídia, que endeusam nossos jogadores, daí os caras se acham grandes artistas e não jogadores ficam fazendo pose e não jogam nada e quando são criticados ficam amuados… só no inferno mesmo!

    Curtir

  2. Antonio Carlos Pereira

    O que parece que a Copa do Mundo foi vendida, Neymar não quis, fingiu a pancada na coluna. Parece que nenhum jogador quer mais jogar mais depois de ter vendido a Copa. Outro dia Neymar já deu a dica, o empate era uma derrota. A CBF tem que pagar pela venda da Copa, a seleção não vai classificar e muito menos para a COPA. Ou prendem os dirigentes ou não vai ter Copa.

    Curtir

  3. Brasil olimpico sempre foi uma vergonha muitas poucas medalas esta na hora de começar ingnorar as olimpiadas elas não fazem bem para o ego da nação fazem bem para a Globo e os canais de esporte !

    Curtir

  4. Augusto de Assis Freitas Filho

    Depois de bajular por anos a fio o Ronaldo Fenômeno ,quando jogador ,Galvão quer fazer também de Neymar um “garoto propaganda ” da Globo. Neymar não deu bola e ele ficou contrariado .

    Curtir

  5. O o engraçado e um monte de jornalista e comentarista recalcado,babaca achar que pode falar oq quer xingar ,jogar a midia contra os jogadores e ainda achar que eles e obrigado a dar entrevista , tirar estes jogadores para cristo e de mais ,Galvão ,casa grande dois babaca recalcados .VCS deveriam ver o jogo na Fox e bem melhor não ficam instigando o torcedor contra os jogadores não,OS europeus não entendem, ao contrario de outros países nos somos os únicos que massacram seus craques,porque brasileiro idolatra os de fora e os seus massacram?SE NAYMAR E SO UM SIMPLES JOGADOR COMO FALAM ENTAO PORQ COBRAR DELE UMA CONTA QUE NAO E SUA?REPITO DOIS(02)BABACAS RECALCADOS INVEJOSOS…JOGADOR JAMAIS DEVERIAM DAR ENTREVISTA PARA ESTE BABACA .

    Curtir

  6. Galério Hudson

    Pô Laercio vc roubou minha fala: “Um bando de malas hipócritas que só querem ganhar muito dinheiro. Inventam uma farsa, um craque que não existe e depois ficam criticando quando ele não participa da trama. E o povo idiota gritando Brasil, Brasil, …..”
    Mas obrigado assim mesmo…KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Curtir

  7. Daqui a pouco mais um vexame e a desclassificação, quero ver como o mimado milionário vai se explicar. Aliás, não vai, porque é um moleque. Quem se explica é homem, Neymar é um moleque. Esse cara precisa estar fora da seleção por uns 10 anos pelo menos

    Curtir