Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mayweather x McGregor: US$ 130 milhões só para subir no ringue

Vencedor da luta, Mayweather levou para casa 100 milhões de dólares. Mas faturamento dos lutadores, com publicidade e pay-per-view, pode quadruplicar

As bolsas somadas de Floyd Mayweather e Conor McGregor chegaram aos 130 milhões de dólares (cerca de 411  milhões de reais), segundo a Comissão Atlética de Nevada. O pugilista americano, vencedor da luta no último sábado em Las Vegas (EUA), faturou 100 milhões de dólares (cerca de 317 milhões de reais), enquanto o irlandês ficou com o restante: 30 milhões de dólares (aproximadamente 95 milhões de reais).

Como comparação, as bolsas dos seis lutadores que disputaram as três lutas preliminares ao duelo May-Mac somaram 1,7 milhão de dólares (cerca de 5,3 milhões de reais), também segundo a Comissão de Nevada.

Veja também

Os ganhos de Mayweather e McGregor, no entanto, certamente ficaram bem acima disso. Os atletas também receberiam dinheiro proveniente de patrocínios, venda de produtos licenciados e a comercialização de pacotes de pay-per-view.

A transmissão televisiva, inclusive, também deve ter batido recordes. Dana White, presidente do UFC, estima que a luta deve ter superado a marca de 4,6 milhões de pacotes vendidos para o confronto entre Mayweather e Manny Pacquiao, em 2015.

Veja também

A maior parte dos espectadores no entanto, podem ter assistido à luta de forma pirata. Segundo Wayne Lonstein, CEO da VFT Solutions, empresa do ramo de segurança cibernética, há indícios de que o combate foi assistido por 100 milhões de pessoas por meio de links clandestinos na internet.