Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Gabriel Jesus é apresentado no City e destaca frio e Guardiola

Atacante concedeu sua primeira entrevista em Manchester e já pode estrear no sábado

Por Da redação
Atualizado em 19 jan 2017, 10h41 - Publicado em 19 jan 2017, 10h27

Gabriel Jesus finalmente vestiu a camisa 33 do Manchester City. O ex-atacante do Palmeiras está há algumas semanas na Inglaterra, mas só teve a papelada de sua transferência entregue nesta semana e foi oficializado como reforço do clube inglês nesta quinta-feira. Contratado por 27 milhões de libras (cerca de 107 milhões de reais), Jesus posou para fotos no Etihad Stadium e concedeu entrevista ao canal oficial do clube, na qual falou sobre suas primeiras impressões, o frio na Inglaterra e a oportunidade de trabalhar com o técnico Pep Guardiola. 

“Estou encantado com a grandeza do clube, o planejamento, a estrutura. O CT é muito grande. Gostei bastante, não vejo a hora de começar a jogar”, afirmou o atacante de 19 anos. Perguntado sobre o que mais chamou sua atenção nos primeiros dias, Jesus não teve dúvidas: “Muito frio (risos). Mas dá para aguentar.”

Gabriel contou que pediu o número 33, camisa que usa desde sua subida ao profissional do Palmeiras, em referência à idade de Jesus Cristo ao ser crucificado. O brasileiro já identificou semelhanças com o técnico Pep Guardiola. “Uma coisa que eu vi é que, assim como eu, ele é fissurado por futebol, vive 24 horas o futebol. É importante que eu seja assim igual ele e espero aprender. Vou me doar o máximo para aprender cada vez.”

Continua após a publicidade

Campeão da Copa do Brasil em 2015 e do Campeonato Brasileiro de 2016, Jesus disse que deixou o Palmeiras com sentimento de dever cumprido. “Deixei bem claro que minha vontade era permanecer até o fim do ano porque queria conquistar mais um campeonato. E consegui. Saí de lá com a cabeça erguida e satisfeito com o campeonato que a gente fez”, falou.

Gabriel Jesus já está disponível e pode estrear no sábado diante do Tottenham. “Assistindo dá para ver que é um jogo muito duro, intenso. Espero me adaptar o mais rápido possível. Nos primeiros contatos que eu tiver vou procurar ver tudo, me adaptar. Só depende de mim fazer para que fique fácil”, afirmou Gabriel. Em má fase, o City é o quinto colocado, com 42 pontos, dez a menos que o líder Chelsea.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.