Clique e assine a partir de 8,90/mês

F1: Museu de Schumacher abrirá em 2018 com entrada gratuita

Espaço com macacões e carros usados pelo heptacampeão mundial de Fórmula 1 ficará em um antigo aeroporto na cidade de Colônia

Por Da redação - 24 ago 2017, 11h36

Um museu que abrigará a coleção pessoal do ex-piloto alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1 será aberto na cidade de Colônia, na Alemanha, em abril do próximo ano, com entrada gratuita. “Será um Grande Prêmio de lembranças de duas décadas. A ideia é que as pessoas possam viver um pedaço da história do automobilismo”, anunciou a agente do ex-piloto, Sabine Kehm.

Museu Michael Shumacher
Foto: MOTORWORLD Group/Divulgação

Segundo a agente, a família de Schumacher está entusiasmada com o museu, que ficará dentro do antigo aeroporto de Butzweilerhof, a poucos quilômetros de Hürth, onde o ex-piloto alemão nasceu.

O museu ficará no Motorworld Köln-Rheinland, um ponto de encontro para os amantes dos carros que abrirá suas portas em 2018, com um hotel temático, restaurantes, salas de eventos e conferências.

Museu Michael Shumacher
Foto: MOTORWORLD Köln/Rheinland Keep Fighting Foundation/Divulgação

A expectativa dos organizadores é atrair mais de 100.000 visitantes ao ano, com entrada gratuita. Segundo a agente, essa decisão foi tomada pela família como um gesto para agradecer aos inúmeros fãs do ex-piloto. “Durante os anos nos quais esteve na ativa, Michael guardou a maioria de seus carros e muitos macacões e capacetes. Sempre tivemos em mente torná-los acessíveis ao público”, disse Kehm.

Schumacher, de 48 anos, sofreu um acidente em 29 de dezembro de 2013, quando esquiava em Méribel, na França. Ao cair, o ex-piloto bateu forte com a cabeça e sofreu lesões cerebrais graves. Durante meses permaneceu em coma induzido.

Em junho de 2014, ele foi levado para um hospital suíço e desde setembro do mesmo ano, continua sua reabilitação em Gland, também na Suíça. A família se esforça para preservar a privacidade do ex-piloto, que jamais foi visto publicamente desde o acidente.

(com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade