Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro encerra boatos e garante Fábio com multa de R$ 100 milhões

O Cruzeiro fez questão de colocar fim aos boatos que colocavam o goleiro Fábio como possível reforço do rival Atlético-MG e bancou a permanência do ídolo celeste com uma multa de R$ 100 milhões. Com a presença do arqueiro ao seu lado, o diretor de futebol Alexandre Matos rechaçou a possibilidade do jogador deixar o clube neste ano e disse que o preço estipulado em cima de seu passe vale para todos os times do mundo.

Fábio passou a ser cogitado no Galo após uma série de notícias veiculadas em Minas Gerais colocar o atleta como a solução encontrada pelos atleticanos para solucionar os problemas na meta alvinegra. Os boatos rapidamente tomaram proporções gigantescas entre os torcedores de ambos os clubes nas redes sociais, e forçaram o encontro emergencial da diretoria na Toca da Raposa II para negar qualquer negociação com o seu rival.

‘Oficialmente, não chegou absolutamente nada ao Cruzeiro. O Fábio só deixa o Cruzeiro de duas maneiras diferentes. A primeira é negociar diretamente com o Cruzeiro e a segunda é pagar a multa rescisória’, elucidou Alexandre Matos, bancando a permanência do ídolo. ‘A multa do Fábio é de R$ 100 milhões. Ela vale para todos os clubes do mundo. Não tem nada de ponte para um investidor ou uma construtora para comprar o Fábio. Não existe fazer ponte com o Cruzeiro, é uma brincadeira.’

Dono de 70% dos direitos econômicos de Fábio, a Raposa vê o goleiro livre para negociar os 30% restantes de seu passe com qualquer outra equipe. Entretanto, o goleiro destacou que não pretende deixar o time antes de 2016, quando o seu contrato com o clube termina, e revelou já ter recebido propostas com salários melhores anteriormente. Mesmo sem ter entrado em contato com o Atlético-MG, o ídolo celeste reforçou que só sairá de Belo Horizonte se o Cruzeiro não quiser contar mais com o seu futebol.

‘Eu tenho contrato com o Cruzeiro, pertenço ao Cruzeiro. Se o Cruzeiro me vender, outro clube vai querer me procurar. Se o Cruzeiro não me quiser aqui, vou buscar outro clube, mas primeiro o Cruzeiro tem que me vender. Se fosse financeiramente, já teria sido negociado há muito tempo. Tive algumas propostas da Rússia, fora da realidade do futebol brasileiro. Mas o Cruzeiro vem cumprindo com tudo e eu estou feliz aqui’, finalizou o camisa 01 da Raposa.