Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians vence Batatais e conquista a Copa SP pela 10ª vez

Com gols nos minutos finais de Carlinhos, o artilheiro da competição, e Marquinhos, equipe alvinegra venceu por 2 a 1 no Pacaembu

No aniversário de 463 anos da cidade de São Paulo, mais uma vez a festa foi da torcida do Corinthians. O time alvinegro conquistou seu décimo título da Copa São Paulo de Futebol Júnior nesta quarta-feira, com uma vitória sofrida diante do Batatais, por 2 a 1, no Pacaembu. Os gols do maior campeão do torneio saíram nos minutos finais da partida, com o atacante Carlinhos, destaque e artilheiro do torneio com 11 gols, e Marquinhos, o melhor da final. Douglas Pote ainda descontou para o time do interior, que celebrou a oportunidade apesar da derrota.

A classificação do modesto Batatais, equipe que venceu sua primeira partida na história da Copinha apenas em 2017, chegou de forma inesperada. O time foi derrotado pelo Paulista de Jundiaí por 5 a 1 na semifinal, mas herdou a vaga graças à descoberta de que o zagueiro Heltton, inscrito como Brendon, havia utilizado documentação falsa. A Federação Paulista de Futebol (FPF) exclui a equipe de Jundiaí do torneio e o Batatais ficou com a vaga.

O destaque do time era seu carismático goleiro Gerson. Após a morte de uma irmã, o jogador de 19 anos havia desistido da carreira e estava trabalhando com sua mãe quando foi chamado às pressas para disputar a competição sub-20 mais importante do país. Brilhou nas quartas de final ao defender três pênaltis diante do Botafogo e se assustou com a fama repentina – chegou a dizer em entrevistas que seu Tinder, aplicativo de paquera, estava “bombando”.

Nesta quarta, Gerson foi novamente bastante exigido. O Corinthians pressionou a equipe do interior do início ao fim e assustou o goleiro com dois chutes de Fabrício Oya, o camisa 10 alvinegro. O artilheiro Carlinhos teve uma boa chance na primeira etapa, mas a zaga cortou no momento da finalização. O Batatais teve uma única chance clara, com Thales, que apareceu livre na área e chutou por cima. Aos 42 minutos, a melhor chance do Corinthians: Thiago acertou a trave após escanteio e, na sequência, o capitão Mantuan bateu com perigo.

O Corinthians seguiu pressionando na segunda etapa e Carlinhos novamente parou no goleiro do Batatais. Gerson ainda cometeu uma falha grave, ao socar uma bola para trás, em direção do gol, mas conseguiu tirar a bola e evitar o mico. O time de Batatais se defendia como podia, mas não levava perigo ao gol do Corinthians. Já perto dos 40 minutos, o jogo foi paralisado por causa dos sinalizadores utilizados pela torcida organizada do Corinthians.

No recomeço, aos 42 minutos, veio o gol do alívio: Pedrinho passou para Marquinhos que cruzou com perfeição para o grandalhão Carlinhos, de 1,95 metros, marcar de cabeça o seu 11º gol na competição. Já nos acréscimos, Carlinhos devolveu a gentileza e passou para Marquinhos, cara a cara com Gerson, garantir a festa da torcida que encheu o Pacaembu. O Batatais ainda diminuiu com um belo gol de Douglas Pote, por cobertura, no último minuto. Apesar da derrota, o time do interior também fez muita festa ao receber as medalhas e o troféu de vice-campeão. O Corinthians venceu a competição em 1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012, 2015 e 2017.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Angelo Della Torre

    TORCIDA ORGANIZADA DEVE SER BANIDA DOS ESTÁDIOS.

    Curtir

  2. Carlos César Russo

    O fato é que a camisa do Corinthians pesa demais. Como o apoio desta torcida fantástica, chegar a final é quase uma coisa natural, foram 5 nos últimos 6 anos.

    Curtir