Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

José Padilha diz que Moro ‘deveria estar arrependido’ de apoiar Bolsonaro

No lançamento da segunda temporada de ‘O Mecanismo’, diretor criticou juiz que inspirou a série da Netflix

O diretor José Padilha, conhecido por sucessos como Tropa de Elite e a série Narcos, criticou o atual ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro durante coletiva de imprensa sobre a segunda temporada de O Mecanismo, série da Netflix idealizada por ele que estreia no dia 10 de maio na plataforma.

Questionado sobre um artigo que publicou no jornal Folha de S. Paulo no dia 16 de abril, em que afirmava reconhecer o “erro que cometeu” ao apoiar Moro no passado, Padilha explicou a declaração: “Aliar-se à família Bolsonaro foi a tragédia pessoal de Moro. Se ele for inteligente, estará arrependido.”

O cineasta ainda afirmou acreditar que o ex-juiz está sendo usado como “moeda de troca” para negociação de votos no Congresso, como um “salame fatiado”. “Bolsonaro não tem maioria no Congresso e está usando Moro para aprovar as reformas”, disse.

Sobre a série, inspirada na Operação Lava Jato, comandada por Moro, Padilha se justificou: “Não é que eu defendia Moro, mas estava contando uma história e tinha à mão apenas os fatos daquele momento”. Na segunda temporada, ele inseriu críticas à operação, como o vazamento de áudios dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Lula.