Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carnaval: Beija-Flor é a grande campeã de 2018

Com enredo sobre 'monstruosidades' e estrelas em destaque, a escola de Nilópolis agitou a Sapucaí falando de problemas sociais

A Beija-Flor é a grande campeã do Carnaval do Rio em 2018. Última escola a desfilar pelo Grupo Especial do Rio, a escola fechou o “Carnaval dos protestos” com ativismo do começo ao fim. Com o enredo Monstro É Aquele que Não Sabe Amar – Os Filhos Abandonados da Pátria que os Pariu, a escola propôs um paralelo entre a obra Frankenstein, de Mary Shelley, que está completando dois séculos, e a história do Brasil. 

O grêmio de Nilópolis cantou contra a corrupção, a violência, a intolerância religiosa, e outros problemas sociais com participação de estrelas como Pabllo Vittar e Jojo Todynho. O desfile contou com foliões vestidos de vampiro para representar o governo – a Paraíso do Tuiuti, a segunda colocada na classificação geral, associou a figura mitológica ao presidente Michel Temer -, além de ratos e “lobos em pele de cordeiro” no papel de políticos. A escola também reproduziu cenas de violência nas favelas cariocas e as constantes mortes de moradores e policiais.

Este foi o 14º título da Beija-Flor no Carnaval do Rio de Janeiro – a escola só fica atrás da Portela e da Mangueira como agremiação que mais venceu no Grupo Especial. A última vitória da Beija-Flor havia acontecido em 2015.

As seis primeiras colocadas – Beija-Flor, Paraíso do Tuiuti, Salgueiro, Portela, Mangueira e Mocidade Independente de Padre Miguel – voltarão à Marquês de Sapucaí no Sábado das Campeãs, no dia 17. Neste ano, as agremiações rebaixadas para o Grupo de Acesso Série A foram a Império Serrano e a Grande Rio. Confira a classificação geral:

1º Beija-Flor – 269,6

2º Paraíso do Tuiuti – 269,5

3º Salgueiro – 269,5

4º Portela – 269,4

5º Mangueira – 269,3

6º Mocidade Independente de Padre Miguel – 269,3

7º Unidos da Tijuca – 269,1

8º Imperatriz – 268,8

9º Vila Isabel – 268,1

10º União da Ilha – 267,3

11º São Clemente – 266,9

12º Grande Rio – 266,8

13º Império Serrano – 265,6

Paraíso do Tuiuti, a surpresa

A grande surpresa do Carnaval de 2018 acabou ficando por conta da Paraíso do Tuiuti, que no ano passado viu um de seus carros alegóricos causar um grave acidente na Sapucaí e em 2018 foi a vice-campeã. Neste ano, a escola trouxe o enredo Meu Deus, Meu Deus, Está Extinta a Escravidão?, sobre os 130 anos da Lei Áurea. Um trecho da letra dizia: “Não sou escravo de nenhum senhor / Meu Paraíso é meu bastião / Meu Tuiuti o quilombo da favela / É sentinela da libertação”.

Carnaval RJ 2018 - Presidente Vampiro da Paraíso do Tuiutí Presidente Vampiro da Paraíso do Tuiutí antes do desfile na Marques de Sapucaí – 12/02/2018

Presidente Vampiro da Paraíso do Tuiutí antes do desfile na Marques de Sapucaí – 12/02/2018 (Reprodução/Twitter)

Mas a escola mergulhou mais fundo na questão política e criticou a reforma trabalhista aprovada pelo Congresso. A agremiação ainda ironizou manifestantes que pediram o impeachment de Dilma Rousseff e, no último carro alegórico, apresentou um presidente-vampiro, em uma referência a Michel Temer. 

Em 2017, um dos carros alegóricos da Paraíso do Tuiuti perdeu o controle e prensou pessoas em uma grade que separava a avenida da arquibancada. O acidente deixou uma pessoa morta, a radialista Elizabeth Ferreira Joffe, conhecida como Liza Carioca, e cerca de vinte feridos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    Falaram das corrupções , mas não citaram Lula e seus Petralhas . Que desviaram os maiores bilhões da história do mundo .

    Curtir

  2. news da hora

    Os artistralhas da rede Globo , ligados aos petralhas estão também nos carnavais . E querem proteger Lula o maior corrupto do mundo .

    Curtir

  3. news da hora

    Faltou o boneco pixuleco na sapucai .

    Curtir

  4. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Foi um desfile das esquerdas! Cade o Pixuleco, boneco da Dilma, Zé Dirceu, Petrolão?

    Curtir

  5. Fabiana Cassine

    Sou de Teresopolis RJ assistir a escola beijar flor ela foi excelente seu enredo foi dito corretamente tudo que nos brasileiros estamos passando vitoria bem merecida 100% BEIJA FLOR….

    Curtir

  6. Luiz Carlos de Siqueira

    Me dá nojo em ver este desperdício de dinheiro nestas escolas de samba. Dinheiro que poderia estar salvando vidas! Ainda mais agora vendo que são esquerda podre que comanda estas escolas! Canalhas!

    Curtir

  7. Enredo que critica a violência e a corrupção, mas a escola tem como patrono um megalíder da contravenção. O Crivella está certo, e estaria mais certo ainda se reduzisse a zero o volume de dinheiro público nesse tipo de coisa.

    Curtir