Clique e assine a partir de 9,90/mês

Billie Eilish leva Grammy de álbum do ano e tira recorde de Taylor Swift

A cantora ainda conquistou as estatuetas de Gravação e Música do ano e Artista revelação, aos 18 anos de idade

Por Amanda Capuano - Atualizado em 27 jan 2020, 13h13 - Publicado em 27 jan 2020, 02h23

O recorde de artista mais nova a conquistar a cobiçada estatueta de álbum do ano no Grammy tem uma nova dona: Billie Eilish. When We All Fall Asleep, Where Do We Go?, seu disco de estreia, levou o prêmio neste domingo, 26, pouco mais de um mês depois da cantora completar 18 anos. A marca anterior pertencia a ninguém menos do que Taylor Swift, que atingiu a façanha aos 20, com o álbum Fearless.

O prêmio fecha com chave de ouro o ano de Billie, que levou também as estatuetas de Gravação e Música do Ano, pelo hit Bad Guy, e Artista Revelação – os quatro prêmios mais importantes da cerimonia, sagrando-se como o grande nome da noite (ela ganhou ainda o de Melhor Performance Pop). Confira os principais vencedores.

Billie Eilish e o irmão Finneas O’Connell recebendo o Grammy de álbum do ano po When We All Fall Sleep, Where do We Go? Jeff Kravitz/Getty Images

Com cabelos coloridos e um pop underground, a prodígio estourou em 2019 com um álbum feito em parceria com o irmão mais velho no quarto dos pais. Bad Guy, carro chefe do disco, é um sucesso absoluto – até quem não é muito adepto ao pop provavelmente ouviu a canção de batidas fortes e sonoridade original em algum lugar (nem que seja na novela das nove – o que já é um sinônimo de popularidade, por si só, em terras brasileiras).

Em 2010, quando Taylor conquistou o álbum do ano por Fearless, Billie – aos oito anos – provavelmente ainda brincava com o irmão pela casa. Uma década depois, a adolescente destronou um dos maiores fenômenos do pop atual, e escreveu seu nome na história da música. Se seguir repetindo os feitos de Swift, sem dúvidas um futuro grandioso a espera.

Continua após a publicidade

 

Publicidade