Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Academia do Oscar considera cerimônia sem apresentador em 2019

instituição responsável pela premiação continua estudando nomes que poderiam substituir humorista Kevin Hart, acusado de homofobia

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pelo Oscar, está enfrentando dificuldades para encontrar um novo apresentador para a premiação de 2019. O humorista Kevin Hart foi anunciado como o mestre de cerimônias da noite no início deste mês, mas desistiu dois dias depois, após ser acusado de homofobia por postagens no Twitter feitas entre 2009 e 2011.

De acordo com a revista americana Variety, os organizadoras continuam pensando em opções de pessoas que poderiam assumir a função e também consideram a possibilidade de ter uma cerimônia sem um apresentador. Nesse último caso, diversas celebridades de Hollywood seriam convidadas para subir ao palco durante a noite para preencher os monólogos interpretados pelo anfitrião normalmente.

Apresentadores de programas americanos já foram cotados para o posto — Jimmy Kimmel, que tem um programa de entrevistas no canal ABC desde 2003, foi o apresentador nos dois últimos anos. No entanto, a escolha pode não ser a solução para a queda de audiência da cerimônia. Em 2018, 25,6 milhões de pessoas assistiram à premiação nos Estados Unidos, representando uma queda de 19%, em relação ao ano anterior.