Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os segredos para uma vida profissional de sucesso

Para ajudar os jovens a escolher qual profissão seguir, VEJA.com publicou recentemente um especial sobre carreiras com 30 profissionais de destaque em várias áreas do mercado. Eles responderam a questões da redação e também dos internautas sobre suas atividades e desafios diários, além das perspectivas para o futuro das profissões.

Os profissionais, com muita experiência, apontaram aspectos que, segundo especialistas, são indispensáveis para uma carreira de sucesso: atualização constante, estágio durante a graduação, conhecimento de diversas áreas da carreira e desenvolvimento de competências pessoais. “Independente da área, é necessária a atualização permanente. Escolha um tema de seu interesse e de aplicação prática na vida profissional e faça o curso”, aconselha Patrícia Ferreira, formada em medicina veterinária pela Universidade de São Paulo (USP) e consultora do Ministério da Saúde.

A especialista em carreiras Eliane Figueiredo, diretora-presidente da Projeto RH, consultoria em recursos humanos, diz que as especializações são fundamentais e que mestrado e pós-graduação “não precisam ser cursados necessariamente após o término da faculdade”. Gerusa Mengarda, gerente de recrutamento e seleção da Allis, empresa de recursos humanos, acredita que se o jovem souber a área que deseja seguir “a pós-graduação e o MBA são ótimas opções de especialização”. Caso contrário, os cursos rápidos são a melhor forma de permanecer atualizado com as novas tendências do mercado.

Estágio – Segundo as especialistas, fazer estágio durante o curso de graduação é uma boa maneira de começar a traçar uma carreira de sucesso. “Estagiar é ter base sobre o mercado de trabalho real, sem criar expectativas fantasiosas sobre a profissão”, afirma Gerusa. É com ele que o jovem aplica conhecimentos teóricos à vida prática e ganha maturidade profissional para lidar com a pressão e competitividade exigidas pelo mercado.

De acordo com Eliane, investir no autodesenvolvimento técnico e em competências pessoais é também muito importante para o sucesso do profissional desde o início da carreira. A especialista acredita que os valores pessoais são fundamentalmente importantes para os jovens que ainda não têm experiência no mercado de trabalho. “Invista em você mesmo, faça autocrítica e procure ouvir a avaliação de seus gestores com imparcialidade”.

Foto ArquivoMudanças – Alguns profissionais acreditam que trocar de emprego logo no início da carreira pode ser enriquecedor. “A melhor fase para adquirir experiência é quando ainda somos estudantes. O mais importante neste momento é criar a própria rede de relacionamentos”, afirma Angelina Pereira, relações públicas e assessora de comunicação da Superintendência de Museus da Secretaria do Estado de Cultura de Minas Gerais.

Para Gerusa, porém, as mudanças dependem do objetivo profissional de cada jovem. “Se ele preferir traçar uma carreira mais ampla, seria interessante trocar de empresa e área, principalmente no período de estágio. Mas, se o objetivo for ser especialista, mudar de empresa diversas vezes não é a melhor opção”.

Eliane tem ainda outra saída para quem está em dúvida sobre mudar ou não de empresa logo no início de carreira. “Trabalhar em diversos campos de sua própria empresa pode ser suficiente na hora de traçar uma carreira de sucesso”.

As dicas dos especialistas para uma carreira de sucesso

As dicas dos especialistas para uma carreira de sucesso

Tabela
Tabela
Durante a graduação
  • Faça estágios: essa experiência antecipa o contato com o mercado de trabalho e amadurece profissionalmente
Após a graduação
  • Atualize-se permanentemente: é fundamental estar atento a novas tendências. Cursos de rápida duração e, posteriormente, mestrado e doutorado são boas opções
  • Experiências: é importante vivenciar as várias subáreas da profissão já no início da carreira. A exceção são os profissionais que, ao chegar ao mercado, já sabem exatamente em que setor querem atuar
  • Seja criativo e comunicativo: a fluência verbal e a capacidade de atuar em grupo são as competências pessoais mais importantes para os jovens. A criatividade é um diferencial