Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Carioca José Couto Júnior leva o Prêmio Educador do Ano de 2018

Com seu projeto inspirado em música de Chico Buarque, professor de história combate a 'invisibilidade' de jovens da periferia

Por Luiz Felipe Castro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 2 out 2018, 14h59 - Publicado em 1 out 2018, 22h47

O carioca José Marcos Couto Júnior, professor de história do bairro do Realengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, foi eleito o Educador do Ano de 2018, em cerimônia promovida pelas fundações Victor Civita e Roberto Marinho, na noite desta segunda-feira (1º), em São Paulo. Um dos dez vencedores do Prêmio Educador Nota 10, o educador de 34 anos encantou os jurados com seu projeto Caravanas, Limites da Visibilidade e dividiu o mérito com seus concorrentes.

“Nestes dias ao lado dos meus colegas, me diverti muito, mas acima de tudo adquiri muito conhecimento”, afirmou o ganhador, em discurso na Sala São Paulo, no centro da capital paulista, em evento apresentado por Sandra Annenberg e Otaviano Costa.

Em seu projeto, Júnior luta pelo fim da “invisibilidade” de seus alunos de 12 a 14 anos, da Escola Municipal Áttila Nunes. Para isso, usa músicas de cantores famosos em suas aulas no subúrbio do Rio.

O ponto de partida de seu trabalho foi apresentar à turma a canção As Caravanas, de Chico Buarque, que trata de jovens da periferia do Rio que vão à Zona Sul aproveitar um dia de praia. “Eu via alunos presos dentro de Realengo, sem perceber que o mundo é muito maior. Quis mostrar que eles são importantes, têm história e merecem ser vistos. Assim o trabalho foi crescendo”, conta.

Continua após a publicidade

Com o projeto, sua meta é “desenvolver a autoestima dos adolescentes e promover um debate sobre preconceito e representação na sociedade”. O programa inclui uma releitura da Lei Áurea, visitas a teatros e produção de textos, que foram reunidos no livro Que Sejam Lidos, que Sejam Vistos.

Esta foi a 21ª edição do prêmio, criado em 1998 pela Fundação Victor Civita. O Educador Nota 10 reconhece professores da educação infantil ao ensino médio, de escolas públicas e privadas, além de coordenadores pedagógicos e gestores escolares de todo o país.

Continua após a publicidade

Confira abaixo todos os vencedores do Prêmio Educador Nota 10 de 2018:

Em 2018, mais de 4.000 projetos foram enviados até que os cinquenta finalistas fossem selecionados. Os dez vencedores viajaram nesta semana para São Paulo, onde apresentaram seus processos a uma comissão de jurados e receberam seus troféus.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.