Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

McDonald’s e Burger King devem ser impactados por greve

Usuários relatam a falta de ingredientes em unidades do McDonald's de Belo Horizonte, em Minas Gerais

O McDonald’s pode ser afetado pelo desabastecimento de produtos causado pela greve dos caminhoneiros. Segundo a empresa, é “provável” que faltem produtos do cardápio em alguns restaurantes da rede.

No Burger King, a situação é semelhante. A rede de fast food afirmou que a venda de seus produtos poderá ser suspensa temporariamente até que a situação se normalize. “O protesto dos caminhoneiros em todo Brasil tem impactado o abastecimento de insumos em inúmeras redes de alimentação”, disse em nota.

“Estamos acompanhando a situação de perto e fazendo o possível para manter a operação normalizada”, afirmou o McDonald’s em comunicado.

Nas redes sociais, usuários relatam a falta de ingredientes em unidades do McDonald’s de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Segundo o McDonald’s, a paralisação está provocando um desabastecimento no comércio em geral, incluindo todo o setor de alimentação.

O Outback afirmou que suas unidades devem ser afetadas pela greve. “Alguns produtos do cardápio ficarão indisponíveis”, disse em nota. “Estamos em contato com todos os seus fornecedores para monitorar a situação e manter a operação regular de seus restaurantes pelo maior tempo possível”.

O Giraffas informou que foi afetado pela greve, mas ainda aguarda a avaliação de seus operadores sobre estoques e distribuição.

Caso a greve continue, o restaurante Madero já informou nesta quinta-feira que o estoque para sanduíches vai acabar no sábado.

A paralisação de caminhoneiros fez com que o Carrefour limitasse compras dos consumidores. Agora, cada pessoa pode levar apenas cinco unidades do mesmo produto.

Os aeroportos também estão enfrentando dificuldade com a greve. É o caso do aeroporto de Brasília e Recife, onde falta combustível – a companhia aérea Azul cancelou nesta quinta-feira voos para Pernambuco. Na capital brasileira, as reservas de combustível estão escassas.