Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carrefour limita compras a 5 unidades por produto

Empresa diz que "é uma medida preventiva para melhor atender ao consumidor" enquanto greve dos caminhoneiros não acabar e abastecimento voltar ao normal

Clientes da rede Carrefour de supermercados em todo o Brasil foram surpreendidos por um aviso incomum nesta quinta-feira (24): devido à greve dos caminhoneiros, os estabelecimentos estão limitando as compras a apenas cinco unidades por produto.

Uma foto tirada em Brasília mostra uma placa exposta na entrada de uma unidade do supermercado em que se lê: “Atenção clientes, devido à greve dos caminhoneiros, e para que todos os nossos clientes consigam aproveitar nossos preços e ofertas, estamos limitando a venda a, no máximo, cinco unidades de cada item por compra”.

A assessoria de imprensa do Carrefour confirmou a autenticidade da imagem e disse que “é uma medida preventiva para melhor atender ao consumidor”. Ainda assim, garantiu que “o abastecimento segue sem muitos problemas em suas lojas em função dos volumes de estoques”.

Representantes de supermercados de vários estados do Brasil já afirmaram que, se a greve continuar, há risco de que o abastecimento dos estabelecimentos seja afetado e as prateleiras se esvaziem.

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) afirma que, mesmo com os esforços do setor de supermercados para garantir os estoques, “alguns estados já começaram a sofrer com o desabastecimento de alimentos e isso poderá se estender para todo o Brasil nos próximos dias, se algo não for feito”.

Em Pernambuco, a Associação Pernambucana de Supermercados (Apes) informa que os supermercados estão abastecidos apenas até este final desta semana. “No momento o reflexo da falta de produtos é apenas no setor de hortifruti, porque os produtos não estão chegando nas lojas e como são mais perecíveis, não é possível estocagem”, afirma em comunicado.

A entidade diz que, se a paralisação dos caminhoneiros continuar, “a partir da próxima semana o reflexo nos supermercados já vai ser percebido em outras categorias de produtos”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    Essa REDE
    NãO é Aque££a autuada no F£AgRA
    AO VENDER TV’s Produto de Roubo,no Recife & alhures,vejA 😮

    Curtir