Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dívida Pública Federal cai para R$ 1,80 tri em outubro

Por Célia Froufe e Renata Veríssimo

Brasília – A Dívida Pública Federal (DPF – interna e externa) apresentou uma queda em outubro de 0,12%, atingindo R$ 1,806 trilhão. No mês de setembro, a DPF foi registrada em R$ 1,808 trilhão. A queda foi puxada pela redução do estoque da Dívida Pública Federal externa (DPFe), que caiu 12,83% ante setembro, encerrando outubro em R$ 73,94 bilhões. No mês de setembro, a DPFe somava R$ 84,82 bilhões.

A dois meses do final do ano, o Tesouro Nacional viu a parcela dos títulos com remuneração prefixada da DPF ficar ainda mais distante da meta de 2011. De acordo com dados divulgados hoje, a fatia dos papeis prefixados foi reduzida de 35,24% em setembro para 35,03% no mês passado. O porcentual está abaixo da participação mínima de 36% estipulada pelo próprio Tesouro no Plano Anual de Financiamento (PAF).

Os títulos remunerados pela Selic (taxa básica de juros) tiveram sua participação ampliada no mês passado para 32,01% do total da dívida – em setembro estava em 31,71%. A meta para os títulos remunerados por taxa flutuante prevista no PAF vai de 28% a 33%.

Já a participação dos papeis atrelados a índices de preços aumentou de 28,44% para 29,02% no período, ficando levemente acima do teto previsto para esse conjunto de títulos no PAF, de 29%.

DPFe

Durante os meses de setembro e outubro, o Tesouro Nacional recomprou títulos da Dívida Pública Federal externa no valor correspondente a R$ 146 milhões. Segundo o Tesouro Nacional, em valor de face esses papéis correspondem a R$ 116,26 milhões. O Tesouro informa que os títulos recomprados no período ainda não impactam o estoque da dívida externa, porque o processo de cancelamento desses papéis não foi concluído.