Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Desemprego fica em 12,7% em maio e atinge 13,2 milhões de pessoas

Levantamento do IBGE mostra que o número de pessoas que conseguiram uma ocupação entre março e maio ficou estável

Por Redação - Atualizado em 29 jun 2018, 14h55 - Publicado em 29 jun 2018, 09h35

A taxa de desocupação ficou em 12,7% no trimestre encerrado em maio, queda de 0,2 ponto porcentual em relação ao trimestre terminado em abril, quando o indicador estava em 12,9%. Com isso, o desemprego atingiu 13,2 milhões de pessoas. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) mensal divulgada nesta sexta-feira, 29, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)No confronto com igual trimestre do ano anterior, quando havia 13,8 milhões de desocupados, a queda foi de 3,9%.

Na outra ponta, o número de pessoas que conseguiram uma ocupação entre março e maio ficou estável em relação ao trimestre de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018. Agora, são 90,9 milhões de brasileiros com emprego contra 87,9 milhões no mesmo trimestre do ano passado.

A quantidade de empregados com carteira de trabalho assinada caiu 1,1% em comparação com o trimestre anterior. São 32,8 milhões de pessoas com trabalho formal. No confronto com o trimestre de março a maio de 2017, a queda foi de 1,5%, perda de 483.000 vagas.

Já os trabalhadores sem carteira de trabalho assinada apresentou um aumento de 2,9% em relação ao trimestre anterior. Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, a alta foi de 5,7%, ganho de 597.000 oportunidades. 

Publicidade

A categoria dos trabalhadores por conta própria (22,9 milhões de pessoas) ficou estável na comparação com o trimestre de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve alta de 2,5% (mais 568.000 pessoas).

 

Publicidade