Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vitor é eliminado, mas deixa ‘MasterChef’ com proposta de emprego

'Tem janela aberta no meu restaurante', disse a chef Paola Carosella ao se despedir do empresário

Por Da redação Atualizado em 19 jul 2017, 17h31 - Publicado em 19 jul 2017, 09h52

Quando o MasterChef fecha uma porta, pode abrir uma janela. Essa parece ter sido a moral da história do episódio desta terça-feira, em que o empresário Vitor Bourguignon foi eliminado do reality culinário da Band, mas saiu com uma oferta de emprego da chef argentina Paola Carosella. “Tem a janela aberta do meu restaurante, se você quiser”, disse Paola, um convite logo aceito por Vitor. “Eu quero muito. Eu quero de coração aberto.”

Na sequência, Paola deu dicas como uma coaching profissional. “Mas você tem que ser sério e responsável, assim como você foi aqui. Não sei se você sabe, mas você mudou muito. Você entrou como um ‘pagodão’. Nada contra! E sai daqui com o espírito de cozinheiro, de um grande chef de cozinha”, disse a argentina, fazendo um elogio sincerão ao eliminado.

  • Outro ponto alto da noite, este nas redes sociais, foi o post feito por Deborah Werneck no Instagram para justificar o comentário em que chamou o chef e jurado Henrique Fogaça de “maluco”. Ela disse que ficou indignada ao ouvir Fogaça dizer — algo que não foi ao ar, no programa — que  galinha-d’angola não combinava com palmito pupunha. “Para quem estuda, para quem se dedica, para quem tem livros e chefs como referência, você ouve isso e é desaforo. Porque isso é uma receita do Alex Atala”, disse.

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade