Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Repórter policial Gil Gomes morre aos 78 anos

Jornalista, que sofria de câncer, passou mal em casa e chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu

Por Redação Atualizado em 16 out 2018, 15h38 - Publicado em 16 out 2018, 10h38

O repórter policial Gil Gomes morreu nesta terça-feira, 16, aos 78 anos. Ele passou mal em sua casa, no bairro Jardim da Saúde, Zona Sul de São Paulo, na noite desta segunda, 15. O jornalista chegou ao pronto-socorro do Hospital São Paulo, mas não resistiu e morreu na madrugada, vítima de complicações de um câncer — segundo informou a assessoria de imprensa da instituição.

Famoso por suas crônicas policiais, Gil Gomes iniciou a carreira na extinta Rádio Marconi, na década de 60. Os gestos, a voz e o visual do jornalista foram características que o marcaram como o repórter policial do jornal diário Aqui Agora, exibido pelo SBT entre 1991 e 1997. “Sempre gostei de roupas de cores fortes e estampadas por causa da alegria que elas passam”, comentou Gomes, em 2011.

Na entrevista, dada ao jornal O Estado de São Paulo, Gil Gomes rememorou com saudosismo os tempos de televisão, em que diz ter trabalhado com “a seleção brasileira de repórteres”. Da equipe do programa, destacam-se os jornalistas César Tralli e Sônia Abrão. “Quando eu falei do PCC pela primeira vez, chamaram de jornalismo lixo. O que eu falava naquela época está acontecendo agora”, disse.

Em 2005, Gomes foi diagnosticado com Parkinson, e se afastou da televisão para tratar da doença. Em 2017, doze anos depois, o jornalista aceitou trabalhar como comentarista de um telejornal de fim de madrugada da TV Ultrafarma, grade de programação patrocinada por uma rede de farmácias nos canais abertos RedeTV! e Gazeta.

Gomes era casado com Eliana Izzo, sua segunda mulher, a tinha quatro filhos: Daniel e Vilma, fruto de seu casamento anterior, com Ana Vitória Vieira Monteiro, e Flávia e Nathalie, do relacionamento atual. Ele deixa também quatro netos.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês