Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Príncipe William: esconder sentimentos pode fazer mal à cabeça

No passado, esconder as emoções era considerado como uma virtude britânica, exemplificada pela atitude da própria família real

Por Reuters Atualizado em 18 abr 2017, 13h21 - Publicado em 18 abr 2017, 12h53

O príncipe William fez um alerta aos homens britânicos: esconder seus sentimentos é prejudicial à saúde mental, disse ao participar de uma campanha de conscientização que incluiu uma conversa por vídeo com a cantora Lady Gaga. Os comentários do neto da rainha Elizabeth foram feitos um dia após seu irmão mais novo, o príncipe Harry, falar sobre as dificuldades que teve de lidar com a perda da mãe, Diana. Os príncipes, em conjunto com a esposa de William, Kate, estão liderando uma campanha que encoraja as pessoas a falar sobre doenças mentais e procurarem ajuda.

“Podem existir momentos ou lugares em que se deve esconder as emoções, mas não às custas de sua saúde”, disse William em uma entrevista para uma organização de caridade dedicada a prevenir o suicídio masculino. O suicídio é o principal motivo de morte entre homens de menos de 45 anos no Reino Unido, e William disse que ver o impacto do suicídio durante seu trabalho como piloto de helicópteros de resgate foi o “momento de virada”, que o levou a decidir fazer campanha sobre saúde mental.

A campanha dos príncipe, chamada Heads Together, divulgou um curto vídeo mostrando William discutindo questões de saúde mental com a cantora americana Lady Gaga, que falou publicamente sobre suas próprias dificuldades com transtorno de estresse pós-traumático, após ser estuprada aos 19 anos.

No passado, esconder as emoções era considerado como uma virtude britânica, exemplificada pela atitude da própria família real durante crises que vão desde a abdicação do rei Eduardo VIII em 1936, até a morte da princesa Diana em 1997.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês