Clique e assine a partir de 8,90/mês

Os melhores bares variados em Brasília

Estabelecimentos fazem parte da edição de VEJA COMER & BEBER Brasília 2018/2019

Por Arthur H. Herdy, Gabriela de Almeida, Rosualdo Rodrigues e Sara Campos - 18 Maio 2018, 01h00

CACHAÇARIA

Adega da Cachaça

Cachaçaria tradicional no DF, o endereço reúne cerca de 1 400 rótulos da bebida. Entre as doses mais vendidas estão as de Vale Verde (R$ 13,00) e Germana (R$ 13,00). Para acompanhar o destilado, saem espetinhos de frango, cupim, contrafilé, carne de sol e frango (R$ 12,90 cada um), acompanhados de vinagrete, farofa e mandioca. No almoço, há bufê a R$ 32,90 (o preço sobe para R$ 33,90 na sexta e R$ 35,90 aos sábados e domingos). Após as 19h, a bancada dá espaço para uma seleção frios a R$ 79,90 o quilo. C1, lote 11, lojas 4 e 5, Avenida das Palmeiras, Taguatinga,  3257-2470 (400 lugares). 10h/0h. Aberto em 1996.

VARIADOS

Barkowski

O ambiente de pouca luz e os tons escuros da decoração reforçam a atmosfera rock’n’roll do bar, movido por uma trilha sonora baseada em estilos como death metal, gótico e thrash metal. Doses de uísque Jack Daniel’s (R$ 18,00) e drinques como bloody mary (R$ 18,00) estão entre as preferências do público, ao lado de cervejas artesanais, caso da Fiapo, uma ipa da Corina (R$ 32,00, 500 mililitros). Na lista de comes há queijo coalho com melado de cana e pimenta calabresa (R$ 15,00). 408 Norte, bloco C, loja 62,  98174-1998 (40 lugares). 17h/1h (qui. a sáb. até 2h; dom até 23h). Aberto em 2010.

Cão Véio

Inaugurado sob a chancela do midiático chef paulistano Henrique Fogaça, o bar se tornou um endereço concorrido. No menu, os itens têm nomes que remetem ao universo canino. O bulldog inglês é um hambúrguer com disco de kobe bovino e bacon, cheddar, cebola roxa caramelizada e pepino em conserva no pão australiano. Ele chega com batata canoa e molho de pimenta de maracujá (R$ 39,00). Além dos cerca de cinquenta rótulos de cervejas, há drinques como o capa preta, que leva uísque Jack Daniel’s, jabuticaba, amora, redução de blueberry, chá de pêssego e bitter de angostura (R$ 29,00). 404 Sul, bloco C, loja 35,  3257-8455 (150 lugares). 12h/0h (seg. 17h30/0h; dom. 12h/23h; seg. fecha). Aberto em 2017.

Fausto & Manoel

Com quatro unidades espalhadas pela cidade, tem happy hour concorrido, impulsionado por promoções de chope e petisco entre 16h e 21h. As transmissões de partidas de futebol também dão força aos pedidos de cervejas Original e Serramalte (R$ 11,90, 600 mililitros) e de caipiroscas, a exemplo da fausto e manoel (R$ 26,90): vodca, coco ralado, leite de coco, picolé da fruta e leite condensado. Entre os comes, o filé a palito ao catupiry acompanha batata frita (R$ 61,90). 209 Norte, bloco A, loja 15,  3340-7552 (450 lugares). 11h/1h (qua. a sáb. até 2h). Mais três endereços. Aberto em 2005.

Continua após a publicidade

IVV SwineBar

Muito do conceito deste bar pode ser “interpretado” no seu curioso e enigmático nome. O que parece uma soma de algarismos romanos é, na realidade, o conjunto de letras iniciais da expressão latina “In Vino Vivo” (No vinho, vivo). Na sequência, o termo swine (suíno, em inglês) põe em evidência o principal ingrediente das receitas da casa. Projeto de longa maturação, esse wine bar começou a tomar forma durante uma extensa temporada do sommelier e chef Eduardo Nobre nos Estados Unidos. Por treze anos, ele trabalhou em todas as frentes possíveis dentro de um restaurante. De volta a Brasília, fundou um clube de vinhos e, ao lado da esposa, Ariela Nobre, estendeu a venda virtual da bebida para as mesas deste endereço. Além de gerenciar a carta de 190 rótulos, selecionar os dois vinhos do dia vendidos em taça (R$ 20,00 cada uma) e dar dicas de harmonização, ele assina e supervisiona o cardápio, centrado em preparos com carne de porco — a finalização ocorre em cozinha aberta, à vista dos clientes. Na aconchegante varanda, iluminada por fileiras de lâmpadas, fazem sucesso a tábua de tâmaras recheadas com gorgonzola e envoltas em bacon (R$ 18,00) e a carne de lata suína com molho de tamarindo e pimenta (R$ 26,00). Tábuas de queijos e algumas bruschettas aparecem entre as sugestões sem carne do menu. Muito presente no atendimento, o casal de sócios conta com o apoio de uma equipe de jovens garçons bem treinados. 314 Norte, bloco B, loja 21, 3034-3471 (100 lugares). 18h/0h (ter. e qua. até 23h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2016.

Loca Como Tu Madre

Mesmo após a saída da chef Renata Carvalho do comando da cozinha , o menu do bar segue com poucas alterações e mantém receitas consagradas. É o caso da porção de anéis de lula empanados na farinha panko (R$ 36,00). No espaço animado por DJs há um minibar focado em preparos com gim, a exemplo do white lady (R$ 29,00). O drinque combina gim Tanqueray, suco de limão-siciliano, Cointreau e xarope de açúcar. 306 Sul, bloco C, loja 36,  3244-5828 (140 lugares). 12h/15h e 18h/0h (qui. e sex. até 1h; sáb. 12h/16h e 18h/1h; fecha dom.). Aberto em 2012.

Mercado 301

Em ambos os endereços, sábado é dia de Mercado Mix. Nessa promoção, o cliente consome chope e petiscos à vontade, entre 12h e 19h, por R$ 85,90 (o passe-livre vale por três horas). Listado no menu, o don 301 (R$ 38,90) leva à mesa pão ciabatta recheado de filé-mignon ao molho de cogumelo e pimenta-verde. Além do chope Brahma (R$ 7,90, 330 mililitros), a casa serve drinques, como a caipirosca de frutas vermelhas (R$ 23,90). Rua Alameda Gravatá, quadra 301, conjunto 10, lote 1, Águas Claras,  3027-2777 (160 lugares). 11h/0h (sáb. e dom. 8h/1h); 408 Sul, bloco B, loja 7,  3443-5479 (100 lugares). 11h/0h (sáb. e dom. 8h/1h). Aberto em 2015.

Miríade Speakeasy

Com um nome que remete aos bares secretos dos tempos de Lei Seca nos Estados Unidos, este endereço oferece um primeiro contato nada convencional com os seus clientes: para entrar é preciso ter uma senha, divulgada nas redes sociais da casa. Mesclando elementos retrôs e futuristas na decoração, promove noites de música ao vivo com rock, eletrônico e até celta. Do bar saem drinques como o mate-me por favor (R$ 29,00), com bourbon, chá-mate, Cointreau, mel e hortelã. Na lista de comes tem quibe assado com molho da casa (R$ 20,00). 711 Norte, bloco C, loja 27, 98183-1190 (35 lugares). Sex. e sáb. 20h/2h. Aberto em 2018.

Varanda Dudu Bar

Na casa com a grife de Dudu Camargo, mesas de bistrô e sofás compõem o ambiente com um painel do artista plástico Ralph Gehre e reproduções das tatuagens que o chef carrega no corpo. A carta de bebidas tem 54 drinques, como as seis variações de gim-tônica (R$ 29,90 cada uma). Na seção de comidinhas, risoto de rabada com molho de rúcula (R$ 39,90) e tilápia grelhada com molho oriental, guarnecida de arroz com legumes e gengibre (R$ 36,90). Avenida Jacarandá, lote 19, lojas 1, 2 e 3, Águas Claras,  3382-8830 (120 lugares). 17h/2h (sáb. e dom. 12h/2h; fecha de seg. a qua.). Aberto em 2018.

Continua após a publicidade
Publicidade