Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cassiano, autor de ‘Primavera’ e ‘A Lua e Eu’, morre aos 77 anos, no Rio

Cantor e compositor foi um dos precursores do soul music no Brasil e suas canções foram imortalizadas na voz de Tim Maia, Alcione e Gilberto Gil

Por Redação Atualizado em 7 Maio 2021, 21h59 - Publicado em 7 Maio 2021, 21h14

O cantor e compositor Cassiano, autor de canções como Primavera e Eu Amo Você, imortalizadas na voz de Tim Maia, morreu na tarde desta sexta-feira, 7, aos 77 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava internado no Hospital Estadual Carlos Chagas desde o mês passado. Ele já havia passado recentemente por uma cirurgia para retirar parte de um pulmão. A causa da morte não foi divulgada pelo hospital.

Genival Cassiano dos Santos foi um dos precursores da música soul no Brasil, ao lado de Tim Maia, Carlos Dafé e da banda Black Rio. Ele iniciou a carreira na década de 1960, após mudar-se de Campina Grande, na Paraíba, para o Rio de Janeiro. O sucesso veio mesmo nos anos 1970, quando tocou guitarra no primeiro disco de Tim Maia, que gravou suas músicas.

Cassiano ganhou notoriedade por álbuns clássicos como Apresentamos Nosso Cassiano (1973) e Cuban Soul (1976), em que misturou influências que vão de Lupicínio Rodrigues a Stevie Wonder, passando por Otis Redding. Anos depois, ele gravou nos sucessos A Lua e Eu e Coleção. Outras composições suas, como Mister Samba e Morena, já foram gravadas por Alcione e Gilberto Gil. Seu último álbum, Cedo ou Tarde, foi gravado em 1991, com suas principais músicas dos anos 1970.

Nas redes sociais, a morte do artista foi lamentada por músicos como Djavan, Vanessa da Mata e Emicida, que também gravaram suas músicas.

View this post on Instagram

A post shared by Djavan (@djavanoficial)

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

A post shared by Vanessa da Mata (@vanessadamata)

Continua após a publicidade
Publicidade