Clique e assine a partir de 9,90/mês

MasterChef: participante ajudou André Marques a perder 75 quilos

Monique Gabiatti está no elenco da 2ª edição do reality com profissionais. Conheça a trajetória de outros competidores que já passaram por grandes cozinhas

Por Da Redação - Atualizado em 30 ago 2017, 20h51 - Publicado em 30 ago 2017, 19h45

A nova edição do programa MasterChef Profissionais vai ao ar a partir do dia 5 de setembro na Band. Na nova lista, com dezesseis participantes, estão alguns cozinheiros que já passaram por grandes cozinhas nacionais e internacionais.

Monique Gabiatti, por exemplo, trabalha como personal chef e ajudou o apresentador André Marques a perder mais de 70 quilos. Já a jovem Bárbara Cardin fez pratos do D.O.M, de Alex Atala, e o curitibano Ravi Leite, que passou pela cozinha do italiano Così, brilhou por três anos com uma das primeiras paleterias da capital paulista, a premiada Me Gusta, que fechou as portas em 2016.

Veja os caminhos que já trilharam alguns dos participantes da nova temporada do reality show:

 

MONIQUE GABIATTI

Acostumada com o mundo da fama, a nutricionista já teve seu trabalho comentado por aí. Apesar de não ter passado por cozinhas de grandes chefes, a personal chef já teve como clientes Cláudia Raia, Ivete Sangalo e André Marques. Ela foi responsável pela dieta que ajudou o apresentador, que também passou pela cirurgia bariátrica, a perder mais de 70 quilos.

View this post on Instagram

CHOQUILÉÉÉIA AINDA com o desfile de ontem!!!!!!! 💚❤💚❤💚❤💚❤💚Pensem numa pessoa completa??? Admiro muito, que pessoa do bem, que energia, que coração!!! Deus te abençoe cada vez mais!!!!!!! #granderioeuacreditomuito #donadaptoda @ivetesangalo EI PSIIIIIIIIIIIU!!!!!!!!!!!

A post shared by MONIQUE GABIATTI . CHEF (@moniquegabiattii) on

 

ANGÉLICA VITALI

Especialista em gastronomia molecular, é uma pupila de Ferran Adrià, o chef espanhol.  Estudou em Portugal e Espanha. No Brasil, oferece workshops sobre sua especialidade e planeja lançar um livro sobre o assunto.

https://www.instagram.com/p/BXjaUtLgXad/?taken-by=angelicavitali

 

BÁRBARA CARDIN

A jovem cozinheira já fez pratos na cozinha de Alex Atala, como estampa em fotos o seu Instagram. “Participar da sua equipe foi um sonho realizado”, escreveu na legenda de uma foto com o chef. 

View this post on Instagram

Grande Chef @alexatala, participar da sua equipe foi um sonho realizado, você é minha inspiração desde sempre!!! Aprendizado que levo pro resto da minha vida! Foi muito bom estar com vocês! Muito obrigada à todos que me receberam tão bem! Gratidão e até breve! 🙏🏻👊🏼

A post shared by Bárbara Cardin (@barbarafscardin) on

 

FRANCISCO PINHEIRO

Cotado pelo programa como o mais experiente dos chefs que participarão da próxima edição, Francisco, que trabalha na cozinha desde os 16 anos, já cozinhou ao lado de Rodrigo Oliveira e Ivan Ralston. Hoje, ele está à frente de duas casas badaladas em São Paulo, o bar-restaurante Ilha das Flores e o bar Numero.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Boa noite , a todos . Idealizando algumas novidades com o amigo e grande chef @rodrigomocoto para uma saborosa surpresa aqui no Attimo. Aguardem que teremos novidades! @attimorestaurante . Cozinhar , amar e servir #eventos #especial #jantar #estrela #Michelin #guia #novidades #serviço #restaurante #gastronomia #comidaboa #chegando #breve

A post shared by Francisco Pinheiro (@cheffranciscopinheiro) on

 

MIRNA GOMES

Cozinhando profissionalmente há quatro anos, a pernambucana de Recife já passou pela cozinha do Maní, restaurante da Helena Rizzo e do Daniel Redondo. Na Espanha, ela estagiou no El Celler de Can Roca, casa três estrelas Michelin.

View this post on Instagram

Mirna Gomes nasceu na Zona Leste de São Paulo, mas passou grande parte de sua vida em Recife. “Quando me perguntam, digo que sou recifense. Acho que não tenho nada de paulistana –além do hábito de trabalhar muito”, diz. Ela retornou a São Paulo há oito anos, acompanhada da atual esposa, que conheceu quando trabalhava como massoterapeuta em uma pousada de Fernando de Noronha. Há cinco meses trabalhando na praça fria do Maní, ela equilibra sua rotina no restaurante e a paixão por massagens. “Tanto na cozinha quanto na massoterapia, penso que meu trabalho é de mimar e cuidar de pessoas. É isso o que eu gosto de fazer”, sintetiza. Segundo Mirna, a maior distinção entre suas duas áreas de atuação diz respeito a outros profissionais atuando ao seu redor. Ela acredita que o diálogo com seus colegas de Maní tanto amplia suas técnicas quanto influencia na qualidade dos produtos do restaurante. “Tudo pode ser relacionar e resultar em um prato incrível. Eu certamente cozinho hoje da forma que cozinho não só por referência de minha mãe, mas também pelos amigos que conheci por aqui”. {“Nunca é só cozinhar, né? Cozinhar é natural, faço desde criança. Já fazer o prato ficar perfeito em equipe, isso é muito mais instigante” | Mirna Gomes} #acaradomaní #10anosdemaní #maní

A post shared by Mirna Gomes (@mirnap_gomes) on

 

RAÍSSA RIBEIRO

A paulistana já marcou presença na cozinha dos restaurantes Fasano e Tuju aqui no Brasil. Na França, estagiou por dois meses com o chef Philippe Mille, do Les Crayères, duas estrelas Michelin. A jovem este ano também preparou pratos no Petí, do chef Victor Dimitrow.

View this post on Instagram

Acabou!!! Agora só falta esperar! Obrigada @luizc_araujo por ter nos guiado até aqui e @jundo.gitaa, meu parceiro até o fim!! 👊🏻😝 #Repost #tropheemille #brésil with @repostapp ・・・ Concentration avant la sortie du plat pour l'équipe brésilienne ! 🇩🇪🇧🇪🇧🇷🇨🇮🇫🇷🇯🇵🇲🇦🇨🇿🇸🇰🇹🇼#tropheemille #tropheemilleinternational #philippemille #chef #goumandise #allemagne #belgique #brésil #france #italie #japon #maroc #slovaquie #republiquetcheque #taiwan #champagne #france #reims

A post shared by Raissa Ramos Ribeiro (@chefraissarr) on

 

RAVI LEITE

O curitibano bombou com sua sorveteria Me Gusta Picolés durante dois verões paulistanos. A novidade das paletas, porém, não continuou dando frutos. Uma das unidades da marca premiada acabou dando espaço para o Hi Pokee, restaurante especializado no poke havaiano, uma espécie de temaki sem alga e servido na tigela.

View this post on Instagram

👨‍🍳

A post shared by Ravi Leite (@ravileite) on

Continua após a publicidade
Publicidade