Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Eduardo e Monica’ acerta o tom ao adaptar hit do Legião Urbana

No filme, um casal improvável lida com as diferenças para ficar junto nos anos 80 — uma lição válida em tempos de intolerância

Por Raquel Carneiro Atualizado em 20 jan 2022, 23h12 - Publicado em 21 jan 2022, 06h00

Foi numa festa estranha e com gente esquisita que Eduardo (Gabriel Leone) conheceu a estudante de medicina Mônica (Alice Braga). Deslocado, o adolescente de moletom e aparelho nos dentes em nada se parecia com os tipos roqueiros da balada, muito menos com a moça que fazia uma insossa performance artística. Ele perde o ônibus para ir embora, ela lhe oferece uma carona de moto. Começa ali um romance que se revelará uma corrida de obstáculos. É difícil que algum adulto no Brasil tenha passado incólume pela canção-chiclete de Renato Russo que inspirou esse enredo. Na música, um rapaz mais novo e uma moça mais velha, completamente diferentes entre si, se apaixonam e formam uma família.

Legião Urbana, “Legião Urbana” – Série Clássicos em Vinil

A letra em forma de narrativa parecia embalada para uma adaptação cinematográfica, e isso se concretiza 35 anos após o estouro da canção com o filme Eduardo e Mônica (Brasil, 2022), já em cartaz. Lançada em 1986 pela Legião Urbana, a música leve — uma exceção solar entre as composições melancólicas da banda — foi hit de uma geração que experimentava a virada político-cultural de uma época cujas liberdades e rebeldias ganharam expressão sonora na explosão do rock nacional daqueles anos.

Legião Urbana Numa Outra Estação
Quadro Frase Trecho Legião Urbana Eduardo & Mônica

A agitação, especialmente na Brasília da redemocratização, foi o pano de fundo da juventude do diretor René Sampaio. Aos 14, quando escutou Faroeste Caboclo, outra trama cantada por Russo, ele decidiu que um dia transformaria a (longa) canção em filme. O sonho foi realizado em 2013, e abriria portas para Eduardo e Mônica. “Adaptar uma música demanda ser fiel à letra e ao sentimento que provoca”, disse ele a VEJA. O trunfo do novo filme, porém, é a expansão desse leque de emoções, resultado alcançado com um roteiro criativo e a ajuda da química tangível entre Alice e Leone. Eduardo é um estudante de pré-vestibular criado pelo avô militar, um apoiador da ditadura que acabara de ser extinta — o longa se passa na mesma Brasília da Legião e do diretor, no fim dos anos 80. Ela é uma jovem de classe média, futura médica em luto pela morte do pai, exilado antes da queda do regime. O frenesi da paixão se mistura a cenários e sentimentos caóticos, expondo muros que, em pleno século XX, ainda separavam famílias. Os opostos se atraem, mas o caminho para o final feliz é longo e sinuoso.

Publicado em VEJA de 26 de janeiro de 2022, edição nº 2773

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO PARA COMPRAR

Legião Urbana,
Legião Urbana, “Legião Urbana” – Série Clássicos em Vinil
Legião Urbana Numa Outra Estação
Legião Urbana Numa Outra Estação
Quadro Frase Trecho Legião Urbana Eduardo & Mônica
Quadro Frase Trecho Legião Urbana Eduardo & Mônica

*A Editora Abril tem uma parceria com a Amazon, em que recebe uma porcentagem das vendas feitas por meio de seus sites. Isso não altera, de forma alguma, a avaliação realizada pela VEJA sobre os produtos ou serviços em questão, os quais os preços e estoque referem-se ao momento da publicação deste conteúdo.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês