Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cheio de clichês, ‘Boneco do Mal’ é um terror que não assusta

Filme conta a história de uma jovem que se torna babá de um boneco sinistro, um substituto para o filho morto de um casal

Por Rafael Aloi
Atualizado em 5 jun 2024, 00h23 - Publicado em 19 fev 2016, 08h50

A premissa de Boneco do Mal envolve um boneco que, ao que tudo indica, está possuído por forças malignas, algo já visto em outros filmes desde Chucky, até o mais recente Annabelle. Mas este não é o único clichê do gênero do terror que aparece no longa em cartaz no Brasil, que, por falta de originalidade, é previsível e não assusta.

O longa conta a história da jovem americana Greta (Lauren Cohan, de The Walking Dead), que, fugindo de um relacionamento abusivo, aceita um emprego como babá no interior da Inglaterra. Ao chegar à mansão (enorme, assustadora e isolada), ela descobre que Brahms, o garoto de oito anos que deveria cuidar, é um boneco que todos tratam como uma criança de verdade. A protagonista inicialmente acha que é uma piada, e ignora todas as ordens sobre o boneco, até que eventos inexplicáveis começam a acontecer.

Leia também:

Atriz de ‘Walking Dead’ fala sobre o terror ‘Boneco do Mal’

Silvio Santos exibe pegadinha com ‘Boneco do Mal’

O único humano com quem Greta tem contato é o entregador Malcolm (Rupert Evans), que aos poucos revela histórias sobre o passado da casa e do boneco, que na verdade é uma forma dos patrões da jovem superarem a perda do filho, que morreu há 20 anos em um incêndio, mas cujo corpo nunca foi encontrado. O garoto, aliás, também não era lá muito bonzinho quando vivo.

Continua após a publicidade

Um passado sombrio e o boneco amaldiçoado se unem a outros elementos tradicionais de do terror. Afinal, quem aceita trabalhar em uma mansão que só falta ter uma placa escrita assombrada na porta? Ou quem nunca viu um sótão misterioso e fechado – que só abre no momento ideal? Também fazem parte da composição dezenas de animais empalhados; objetos que somem; pesadelos sobrenaturais; sombras nos corredores; telefonemas estranhos; uma cena no chuveiro; e uma rigorosa lista de regras.

Este não é o primeiro filme de terror do diretor William Brent Bell, responsável também por Filha do Mal e Stay Alive – O Jogo Mortal. Portanto, ele sabe como produzir um longa dentro dos moldes do gênero, com cenas escuras e inicialmente lentas, que abusa de closes no rosto da protagonista, ou em objetos, que dão a impressão de que Greta está encurralada mesmo em uma casa tão grande.

A falta de originalidade e o roteiro fraco farão os fãs do estilo bocejar. Todo o clima de suspense criado no começo do filme logo é quebrado no segundo ato, quando a protagonista aceita o boneco e assume uma postura maternal, que chega até a ser cômica. Essa mudança no clima da trama deixa previsível o que acontecerá em seguida, e praticamente tira a atenção do que realmente esconde o pequeno Brahms. O filme reserva uma última surpresa para o final, mas, nessa altura, o terror já deixou de assustar o espectador faz tempo.

Continua após a publicidade

https://www.youtube.com/embed/d1mlNhBkztY
‘Boneco do Mal’

O filme se baseia em um grande clichê do gênero: bonecos que aparentemente estão possuídos por forças sobrenaturais. A trama acompanha a jovem americana Greta (Lauren Cohan) que, querendo fugir de um relacionamento abusivo, aceita um emprego como babá na Inglaterra. Mas, ao chegar à mansão isolada no meio de um bosque, ela descobre que o menino de oito anos do qual iria cuidar, na verdade, é um boneco que todos tratam como uma criança. Greta não acredita na história inicialmente e ignora várias regras deixadas pelos pais do boneco. Isso desencadeia uma série de situações assustadoras e ameaçadoras. Boneco do Mal estreia no Brasil no dia 18 de fevereiro.

https://www.youtube.com/embed/FE-u6RznkGQ
‘A Bruxa’

Continua após a publicidade

O diretor Robert Eggers foi o grande vencedor do Festival de Sundance em 2015 com o terror que se passa em 1630 e acompanha uma família que se muda para o interior da Nova Inglaterra, no nordeste dos Estados Unidos. Após a mudança, a família extremamente religiosa começa a passar por situações sobrenaturais, com animais malévolos, a morte de toda a plantação e o sumiço do caçula da família. Os protagonistas vivem próximos a uma floresta e acreditam que nela habita uma estranha força maligna, mas que também pode estar dentro de um dos membros da família. A Bruxa estreia nos cinemas brasileiros no dia 3 de março.

https://www.youtube.com/embed/7C385Cs8gUk
‘Floresta Maldita’

A Aokigahara é uma floresta real que fica no Japão, aos pés do Monte Fuji. Ela é conhecida por ser o local comum para as pessoas cometerem suicídio no país. A floresta, também conhecida como Mar de Árvores, é relacionada a muitas lendas da mitologia japonesa que dizem que demônios e espíritos vivem ali. É neste local já sombrio por natureza que se passa o filme Floresta Maldita, estrelado por Natalie Dormer (Game of Thrones). A atriz vive a jovem Sara, que descobre que sua irmã gêmea viajou até a floresta onde desapareceu. Apesar dos vários alertas, ela entra no meio das árvores e decide ficar ali até encontrar a irmã, mas obviamente seres sobrenaturais começam a persegui-la. O filme estreia no Brasil no dia 17 de março.

Continua após a publicidade

https://www.youtube.com/embed/M5-feV2zeIE
‘Rua Cloverfield, 10’

Uma jovem sofre um acidente de carro e acorda no porão de um desconhecido, que diz ter salvado sua vida de um ataque químico que deixou o mundo inabitável, motivo pelo qual eles devem permanecer protegidos e escondidos no local. Desconfiada da história, ela tenta descobrir um modo de se libertar, apenas para descobrir um perigo muito maior do lado de fora. Esta é a sinopse de Rua Cloverfield,10, produzido inteiramente em segredo por J.J. Abrams (diretor do novo ‘Star Wars’), como a continuação direta de Cloverfield, de 2008. O filme original foi um sucesso, mostrando um monstro destruindo a cidade de Nova York, mas apenas através de uma câmera de mão. Na sequência, o formato mudou e os personagens também, mas os mesmo mistérios que envolviam o primeiro longa continuam. O suspense estreia no Brasil no dia 7 de abril.

https://www.youtube.com/embed/YBffSK8p9Ro
‘Invocação do Mal 2’

Continua após a publicidade

Invocação do Mal, de 2013, fez tanto sucesso que já ganhou um longa derivado, Annabelle, sobre a boneca maldita, e agora chega uma sequência direta do filme original. Os atores Vera Farmiga e Patrick Wilson reprisam os papeis do casal de demonologistas, Lorraine e Ed Warren. Assim como o primeiro filme, Invocação do Mal 2 é baseado em um história real vivida pelos dois pesquisadores e caçadores de demônios. Desta vez eles viajam até Londres para ajudar uma mãe solteira, e seus quatro filhos, que moram em uma casa assombrada por espíritos. O filme estreia no dia 9 de junho.

Cena do filme 'O Chamado'
Cena do filme ‘O Chamado’ (VEJA)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.