Clique e assine com até 92% de desconto

9 restaurantes japoneses para conhecer em Goiânia

Confira os endereços da categoria que valem a visita

Por Camila Sayuri, Eula Lôbo, Geovane Gomes, Juliana Koch, Natália Ribeiro, Vinicius Tamamoto e Yuri Lopes Atualizado em 28 out 2017, 13h08 - Publicado em 28 out 2017, 04h00

O roteiro a seguir integra a edição de VEJA COMER & BEBER GOIÂNIA 2017/2018:

  • Himitsu Culinária Japonesa e Contemporânea: eleito melhor restaurante oriental pelo júri
    Em japonês, “himitsu” significa secreto. Nome apropriado para este restaurante de atmosfera discreta, instalado em um bairro residencial. Mesmo sem alarde, o lugar ganhou fama graças ao festival servido nas noites de segunda a sábado. Na ocasião, são oferecidos sashimis, sushis, niguiris, temakis e gunkans, além de entradas frias, como ceviche e carpaccio de peixe branco, e quentes, caso do tempurá de camarão, das robatas de brócolis e do improvável acarajé japonês, um bolinho de salmão e arroz picante. Pelo preço fixo de R$ 96,00 por pessoa, os clientes provam à vontade os pratos de acento nipônico e ainda têm direito a um gelato italiano de sobremesa. No restaurante eleito o melhor oriental pelo júri de VEJA COMER & BEBER há uma peculiaridade: os clientes não solicitam os itens desejados aos garçons, mas sim por meio de tablets que ficam sobre as mesas. Alguns atendentes circulam pelo salão apenas para ajudar a esclarecer possíveis dúvidas. Lançado em 2018, o serviço à la carte inclui receitas como o hot philadelphia (R$ 12,00, com quatro unidades), campeão de pedidos. Para matar a sede, destacam-se cervejas especiais, entre elas a Seresta Ciumenta weiss (R$ 26,00; 500 mililitros), e vinhos, como o gaúcho L.A. Jovem Pinot Noir (R$ 95,00). Rua Dublim, 122, Jardim Europa, (62) 3251-3597 (120 lugares). 19h/0h (fecha dom.). Aberto em 2012. $$$

    2º lugar: Sapporo Japanese Food
    A cada dois meses, o chef Jhonatan Fortuna reformula o menu degustação, no qual são servidas sete etapas (R$ 168,00). A maioria dos clientes, no entanto, opta pelo festival, no qual se provam à vontade sushis e sashimis com salmão, atum e peixe branco (R$ 84,90 às segundas e terças, R$ 89,90 às quartas, quintas e domingos e R$ 96,90
    às sextas e aos sábados). Recentemente, foram incluídas no menu duas sugestões feitas com caranguejo do Pacífico: niguiri (R$ 34,00) e uramaki (R$ 40,00). Rua 15, 803, Setor Marista, (62) 3541-1225 (110 lugares). 18h/0h. Aberto em 2006. $$$

    3º lugar: Empório Ekitai
    O que antes era exclusivamente uma escola de cozinha oriental somada a um empório ganhou mesas e ares de restaurante — nesta edição, o endereço ficou em terceiro lugar na disputa de melhor cozinha oriental da cidade. Os clientes têm à disposição pratos como o ekitai roll (R$ 35,00), uma massa fina e frita que enrola uma lâmina de salmão e kani, acompanhada por cream cheese, maionese e cebolete, e o tuna gunkan, sushi de atum com cream cheese, raspas de limão, molho e figo (R$ 30,00). O sashimi shake de tamarindo é composto de salmão maçaricado, purê de gengibre, molho de tamarindo e pimenta-biquinho (R$ 35,00). A dose do saquê Azuma Kirin Dourado custa
    R$ 25,00. Avenida Castelo Branco, 726, Setor Oeste, (62) 3932-4844 (100 lugares). 11h30/14h e 18h30/22h30 (sáb. almoço até 14h30; fecha dom.). Aberto em 2014. $$

    Ginza
    Para atender a demanda, Fausto Kishinami usa cerca de 500 quilos de peixe por mês, que chegam semanalmente do Chile e de Pernambuco. O combo do chef (R$ 114,90) é um passeio pelo cardápio e serve duas pessoas. Ele começa com o sunomono (salada agridoce de pepino) e um guioza ou robalo empanado. Em seguida, chegam o temaki ginza, de massa crocante de batata e recheio de salmão e cream cheese. O ceviche de camarão, salmão e tilápia vem um pouco antes da barca, com seis unidades de sashimi e catorze de sushi. Para finalizar, há tempurá de sorvete. Outra opção é o rodízio (R$ 79,90 por pessoa), que, exceto pelo ceviche, tem os mesmos itens do combo, além de pratos como o atum selado ao molho missô. O cardápio abarca seis tipos de lámen (macarrão oriental em caldo quente) — o de missô custa R$ 32,90. Rua 87, 410, Setor Sul, (62) 3241-3114 (38 lugares). 18h/23h (dom. fecha). Aberto em 2003. $$

    Continua após a publicidade

    Haboro Japanese Food
    Na contramão dos outros restaurantes da categoria, o endereço só trabalha com pedidas à la carte. Para começar, há shake haboro, que traz dez peças de salmão com crispy de gengibre e molho vinagrete (R$ 47,90). Na sequência, há combinados e pratos quentes. Do primeiro rol, o especial (R$ 189,90, com 50 peças) reúne sushis e sashimis convencionais, feitos com salmão, atum e robalo, e umas versões incrementadas, como a que vem com o salmão enrolado no arroz mais camarão e geleia de pimenta. O mesmo peixe pode vir grelhado e guarnecido de risoto de limão-siciliano, em quantidade suficiente para duas pessoas (R$ 79,90). Para beber, há cerveja Paulaner (R$ 41,90 a garrafa de 500 mililitros) e vinhos. Alpha Mall, Setor Alphaville Flamboyant, ☎ 3996-1717 (180 lugares). 18h/23h (sex. e sáb. até 0h). Aberto em 2013. $$

    Hakone Japanese N’Fusion
    Como o nome diz, a cozinha do lugar mistura a influência oriental com outras diversas. Isso se reflete no cardápio, que apresenta sugestões inusitadas, como o sushi com lombo suíno e geleia de pimenta enrolado na acelga e o sushi de filé-mignon empanado com nori (R$ 26,90 cada porção com quatro unidades). Opção quente, o hot roll com peixes agulhão e salmão, cream cheese e cebolinha custa R$ 29,70, com dez unidades. Mais comum, a porção de uramaki filadélfia, de salmão com cream cheese, custa R$ 22,50. Cerca de 700 rótulos de vinhos e saquês compõem a seleção etílica, uma das mais vastas de Goiânia — a dose do saquê Hakushika sai por R$ 31,90. Rua T-55, 830, Setor Bueno, (62) 3945-4035. 19h/0h (sex. e sáb. jantar até 0h30; sáb. e dom. também almoço 12h/15h30) (150 lugares). Aberto em 2008. $$

    Kanpai Blue
    No caçula da marca Kanpai, duas charmosas jabuticabeiras enfeitam o salão, onde os clientes bebericam a batida de tangerina com morango e saquê (R$ 21,90) enquanto decidem os pedidos. A maioria escolhe o festival, pelo qual se pagam R$ 99,90 para aproveitar livremente algumas sugestões específicas, como carpaccio de peixe branco, tartar de atum, salmão ou robalo, sushis e sashimis variados, além de pratos quentes e sobremesas. À la carte, o combinado do chef deixa margem para a liberdade do cozinheiro, e apresenta 48 peças, entre sushis e sashimis, feitas com atum, salmão e robalo (R$ 260,90). Shopping Flamboyant, Jardim Goiás, (62) 3088-0107 (200 lugares). 12h/0h. Aberto em 2014. Aqui tem iFood. $$

    Kanpai Japanese
    No festival japonês, guioza, sunomono, carpaccio de peixe branco, sushis e sashimis feitos com atum, salmão e robalo chegam à mesa do cliente (R$ 69,90 no almoço e 99,90 no jantar). Alternativa ao serviço, há pratos individuais, como tempurás e porções de sushi e sashimi. O combinado do chef traz 44 peças, é feito com os pescados do dia e custa R$ 279,00. Rua 84, 519, Setor Sul, (62) 3241-3434 (90 lugares). 12h/0h. Aberto em 1997. Aqui tem iFood. $$

    Matsuri
    Globos brancos remetem à cultura oriental e iluminam as mesas, nas quais os clientes se acomodam para aproveitar a fartura do festival (R$ 68,90 por pessoa). No serviço, 52 receitas são oferecidas à vontade: há ceviche, shimeji, yakissoba, temakis, sushis e sashimis feitos com salmão, tilápia, preto e atum. As pedidas que levam polvo ou camarão são vendidas somente à la carte. O temaki de polvo, por exemplo, custa R$ 26,00. Para acompanhar, a caipirinha de saquê com kiwi ou morango sai por R$ 22,00. Rua 15, 397, Setor Oeste, (62) 3988-9675 (120 lugares). 11h/14h30 e 18h45/0h (fecha dom.). Aberto em 2000. $$

    Continua após a publicidade
    Publicidade