Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
VEJA Gente Por Valmir Moratelli Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

Padre youtuber se torna fenômeno e ultrapassa Fábio de Melo e Rossi

Reginaldo Manzotti, natural de Paraíso do Norte (PR), evita postagens para “criar polarizações”

Por Valmir Moratelli Atualizado em 10 Maio 2022, 14h49 - Publicado em 5 Maio 2022, 14h00

Conhecido por arrastar multidões para suas missas, Padre Reginaldo Manzotti, de 53 anos, também se tornou um fenômeno digital. Nesta semana, o sacerdote atingiu a marca de meio bilhão de visualizações em seu canal no Youtube.

Criado em 2014, o canal apresenta números que o colocam como o padre mais assistido do Brasil na plataforma: mais de 111 milhões de horas de transmissão, 13 milhões de compartilhamentos e 8,7 milhões de comentários. Reginaldo tem 3,18 milhões de inscritos, acima dos também veteranos Marcelo Rossi, com 2,77 milhões, e Fábio de Melo, que conta com 1,83 milhão de inscritos em seu canal.

Em conversa com a coluna, Reginaldo explica como usa as redes sociais para “fazer o bem”. “Quando digo fazer o bem, é influenciar as pessoas com valores. Isso diz respeito a lideranças, ao governo, a famílias. Estamos saindo de uma fase crítica, com o mundo ainda doente. As pessoas estão fragilizadas, precisando de direcionamento. Meu papel é direcioná-las a valores que deem esperança. Nenhuma postagem é para criar polarizações ou agressividade. Precisamos superar toda forma de intolerância e racismo”, afirma ele, que lançou recentemente o seu 25º livro, “O Poder da Cura”, e já alcançou a marca de 6,3 milhões de exemplares vendidos.

O padre comenta que está sempre ligado no vídeo da concorrência. “Sempre estou assistindo a tudo que posso. A linguagem, sem dúvida, é diferente”, continua ele que, além de youtuber, também é músico, compositor e apresentador de rádio.

A respeito da mistura de política e religião no país, o padre garante não seguir este comportamento. Se enveredaria a um cargo público? “Jamais. Se por acaso eu for candidato a alguma coisa, e sou, é candidato a santidade. Não tenho nenhum interesse em exercer qualquer cargo público na política”, diz, categórico.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)