Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

A nova governadora do Rio

Na ficção, chefe do executivo fluminense interpretada por Rita Guedes é inspirada em Angela Merkel, Jacinda Ardern e na deputada Tábata Amaral (SP)

Por Cleo Guimarães Atualizado em 14 jan 2022, 18h35 - Publicado em 15 jan 2022, 09h10

Não foi trivial para Rita Guedes, 50 anos, sorver inspiração em seu entorno para dar vida a uma governadora do Rio que se notabiliza pela honestidade. Em quatro anos, seis chefes do Executivo fluminense acabaram afastados ou presos por corrupção. Para compor sua personagem na segunda temporada de Arcanjo Renegado, série da Globoplay, ela foi garimpar exemplos em outras bandas do planeta, obser­van­do a ex-chanceler alemã Angela Merkel e Jacinda Ardern, a celebrada primeira-ministra da Nova Zelândia. “São perfeitas”, derrama-se a atriz, que abre uma exceção local à deputada federal Tabata Amaral. O laboratório incluiu uma imersão na Assem­bleia Legislativa, que rendeu até convite para ela se candidatar a deputada. “Impossível”, sentencia.

Publicado em VEJA de 19 de janeiro de 2022, edição nº 2772

Publicidade