Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

A música que Roberto Carlos proibiu Netflix de usar em filme da Lava-Jato

Cantor vetou sua canção em parceria com Erasmo Carlos

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 13 Maio 2024, 23h02 - Publicado em 3 ago 2023, 11h21

Que Roberto Carlos é fã de novelas, isso ele mesmo faz questão de dizer por aí. Mas pelo visto não é muito chegado a séries. Pelo menos as que são de enredo político. É que o cantor vetou que Netflix utilize Amada Amante em filme sobre crimes financeiros.

A canção, que ele compôs em parceria com Erasmo Carlos (1941-2022), seria usada para uma cena sobre a doleira Nelma Kodama, presa em 2014 enquanto tentava embarcar para Milão, com 200 mil euros escondidos na calcinha. Ela foi a primeira delatora da Operação Lava-Jato. A atuação de Nelma como doleira foi exposta em 2006, durante a CPI dos Bingos. Na ocasião, Waldomiro Diniz, então assessor de José Dirceu, que era ministro da Casa Civil, foi investigado por suposta negociação ilícita com bicheiros com o intuito de arrecadar dinheiro para campanhas eleitorais.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.