Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

A ira de Luiza Brunet contra programa da TV Globo

Ex-modelo e ativista tem defendido a filha, Yasmin Brunet, no BBB

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h37 - Publicado em 4 mar 2024, 14h58

Não tem sido fácil para Luiza Brunet lidar com as polêmicas da filha, Yasmin Brunet, no confinamento de um reality show da TV Globo. Yasmin virou um dos assuntos mais comentados do programa, com mais de 20 mil pesquisas no Google Trends nesta segunda-feira. A ex-modelo e ativista saiu em defesa da filha contra Davi, outro participante da atração. Sobrou até para a emissora.

“Uma mulher forte, independente, inteligente, com autoestima e autonomia econômica e emocional incomoda o menino e alguns homens também. Pois este não seria o papel da mulher. Sempre tentam nos oprimir, julgar e desmerecer com adjetivos. BBB, um espaço que sangra. Este é o estado emocional que o programa proporciona. A realidade é outra. Falta acolhimento e respeito. E os patrocinadores apoiam isso. Como mãe [estou] decepcionada”, afirmou Luiza, irritada com o andamento da atração. Xii…

O efeito na Globo da expulsão de Wanessa Camargo

Alcoolizada após uma festa, Wanessa entrou no quarto e bateu na perna de Davi, que dormia enrolado num edredom. Ele não gostou, foi ao confessionário e pediu providências da direção. Foi o suficiente para a cantora ser expulsa do Big Brother Brasil. A partir dali começaram as discussões de telespectadores: sua saída repentina foi justa ou não? A coluna diz: sim, foi justa. E explica o porquê em três tópicos:

– Ninguém tem o direito de bater, independentemente da intensidade, em outra pessoa. E no caso do Davi, em situação indefesa, ou seja, enquanto dormia, isso se torna mais agravante. A regra do programa é clara: não é permitida qualquer agressão física. As agressões verbais não, essas são desejáveis e fazem bem a uma audiência ávida por dedos na cara e palavrões a plenos pulmões. E a quem diz que foi apenas um “tapinha”, pense no contrário: Davi indo lá e batendo na perna da moça. Não seria grave? Pois então. Clique aqui para saber mais.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.