Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Produções indianas mostram sua força no streaming

Com uma população de 1,4 bilhão de pessoas, país é um terreno rentável para um mercado que prevê bater em 5,5 bilhões de dólares até 2027

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 14 abr 2023, 10h10 - Publicado em 14 abr 2023, 06h00

O domínio britânico sobre a Índia foi violento e doloroso — no Ocidente, porém, predominou a narrativa de uma colonização pacífica. Em 2022, essa visão caiu de vez com o empurrão de um drama político com cara de filme da Marvel: a superprodução RRR (Revolta, Rebelião, Revolução), que celebrou dois heróis da história real do país nos anos 1920, Raju (Ram Charan) e Bheem (N.T. Rama Rao Jr.). Com três horas de duração, o filme do diretor S.S. Rajamouli é uma explosão de cores, lutas elaboradas, animais selvagens e uma pegada fantástica — receita que resultou em 160 milhões de dólares em bilheteria, uma estatueta no Oscar e quatro meses no ranking de audiência global da Netflix.

Com uma população de 1,4 bilhão de pessoas, a Índia é um terreno rentável para o streaming — um mercado que prevê bater em 5,5 bilhões de dólares até 2027. Mas, dada a força das plataformas locais e das produções de Bollywood, a Hollywood indiana, todo investimento em tramas e elencos com a cara do país é estratégico. Atento, o Prime Video, da Amazon, produziu por lá seus primeiros títulos originais fora dos Estados Unidos: hoje possui programas em seis idiomas locais. É a segunda plataforma com mais assinantes no país, atrás do Disney+. Na lanterna, a Netflix agora investe forte em conteúdo indiano para tirar a diferença.

Publicado em VEJA de 19 de abril de 2023, edição nº 2837


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.