Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Sobre Palavras Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Sérgio Rodrigues
Este blog tira dúvidas dos leitores sobre o português falado no Brasil. Atualizado de segunda a sexta, foge do ranço professoral e persegue o equilíbrio entre o tradicional e o novo.
Continua após publicidade

‘Tirar uma foto’: está certo falar assim?

Leitor estranha – com razão – que a expressão tenha sido condenada por um colunista de jornal

Por Sérgio Rodrigues
Atualizado em 31 jul 2020, 00h32 - Publicado em 7 set 2015, 14h49

lambe-lambe

“Caro Sérgio: há poucos dias, uma modelo piauiense, que começa a galgar o estrelato mundo afora, declarou, numa entrevista dada a um grande jornal do Rio, o seguinte: ‘Gostaria de tirar a foto de um Brasil mais honesto’.

Dois dias depois, para minha surpresa e certamente de muitos leitores, o censor do matutino carioca criticou o emprego, na frase da modelo, do verbo ‘tirar’. Segundo ele, o verbo adequado era ‘bater’.

Como não foi dada nenhuma explicação que justificasse a inadequação vocabular apontada, pergunto-lhe: em sua opinião, que argumento, em termos gramaticais, fundamenta a censura do jornal? Por fim, será que a correção do descuido linguístico ocorreu com o objetivo de eliminar uma ambiguidade?” (Orlando Torres Filho)

Continua após a publicidade

Caro Orlando, a pergunta deve ser dirigida a quem fez a referida correção, uma vez que eu poderia no máximo especular sobre quais seriam seus argumentos. Pretendo, aliás, me abster disso.

O que posso dizer é que apontar inadequação vocabular em “tirar foto” é um equívoco. Não há nada errado com o que declarou a entrevistada, embora também lhe fosse possível optar pela forma – um pouco menos frequente, talvez – “bater uma foto”.

Situada além da consagração, “tirar foto” é uma expressão em que esse verbo de mil faces (um exagero, mas o meticuloso Houaiss lista 49 acepções) assume o sentido de “captar (imagem)”, o mesmo que tem em “tirar uma radiografia”, vizinho do sentido de “reproduzir” (“tirar cópia”).

Continua após a publicidade

Além disso, como se sabe, pode-se tirar desde uma soneca até uma conclusão, passando por uma boa nota na prova e a temperatura de um enfermo. Ainda que em todas essas expressões o verbo “tirar” apresente variações em torno de uma mesma ideia, a de “obter, tomar, extrair”, sua versatilidade impressiona. Cuidemos para que continue assim.

*

Envie sua dúvida sobre palavra, expressão, dito popular, gramática etc. Às segundas, quartas e quintas-feiras o colunista responde ao leitor na seção Consultório. E-mail: sobrepalavras@todoprosa.com.br (favor escrever “Consultório” no campo de assunto).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.