Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Ricardo Rangel

Continua após publicidade

Kassio Marques e Rogério Andrade

Outros ministros do STF ficaram perplexos com a escandalosa decisão do colega. Mas vão revogá-la?

Por Ricardo Rangel Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h14 - Publicado em 18 abr 2024, 14h25

Em decisão monocrática sigilosa, o ministro Kassio Nunes Marques, do STF, tirou a tornozeleira eletrônica de Rogério Andrade (que, assim, deixa de ser monitorado pela polícia).

No ano passado, Kassio revogou o mandado de prisão contra Gustavo, filho de Rogério Andrade.

Em 2022, Kassio revogou a prisão preventiva de Rogério Andrade.

Rogério Andrade é banqueiro de bicho no Rio de Janeiro. Sobrinho de Castor de Andrade, herdou seu império após uma guerra familiar na qual morreram seu primo, Paulo, e o marido de sua prima, Fernando Iggnácio.

Rogério é acusado de um sem-número de crimes, incluindo os assassinatos dos próprios parentes e do banqueiro do bicho Maninho Garcia. Atualmente em guerra com o banqueiro do bicho Bernardo Bello, Rogério é considerado o criminoso mais poderoso e mais perigoso do Rio. Consta que tem a seu soldo um exército de policiais e outros agentes públicos.

Continua após a publicidade

Em 2023, Kassio soltou o sargento Márcio Araújo, acusado de envolvimento no assassinato de Fernando Iggnácio.

Durante a guerra com Iggnácio, Rogério sofreu um atentado que tirou a vida de um de seus filhos e a perna de seu segurança, Ronnie Lessa. Lessa é o assassino de Marielle Franco e aponta Domingos Brazão como mandante do crime.

Em 2021, Kassio mandou reintegrar Domingos Brazão ao TCE, do qual estava afastado por corrupção.

(Por Ricardo Rangel em 18/04/2024)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.