Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

NO LONGO PRAZO, NÓS, OS OBSCURANTISTAS, VENCEREMOS

Dei uma parada porque havia muitos comentários na fila. Já os despachei — alguns para o éter… O desafio da hora dos petralhas é cobrar de mim que desanque Darwin — “já que você (no caso, eu) é criacionista”. Entenderam? Alguém me viu aqui, alguma vez, a defender o criacionismo? Trato o darwinismo — a […]

Por Reinaldo Azevedo
Atualizado em 31 jul 2020, 18h11 - Publicado em 9 fev 2009, 18h35
Dei uma parada porque havia muitos comentários na fila. Já os despachei — alguns para o éter… O desafio da hora dos petralhas é cobrar de mim que desanque Darwin — “já que você (no caso, eu) é criacionista”. Entenderam? Alguém me viu aqui, alguma vez, a defender o criacionismo? Trato o darwinismo — a exemplo, aliás, do que fazem os próprios darwinistas — como uma teoria. E cometo a ousadia, certamente detestável (eu e o estado de direito de todas as democracias do mundo), de defender a liberdade religiosa.

Entendo a provocação — umas duas centenas, com variações, mas sempre no mesmo sentido. Como a VEJA deu um capa para Darwin, e já que me atribuem a adesão ao criacionismo (a Igreja Católica está bem distante desse debate), então consideraram que a capa, OLHEM QUE MARAVILHA!, é contra… MIM!!! A terceira maior revista do mundo, com uma tiragem de 1,2 milhão de exemplares, teria decidido me dar uma lição. Tá, confesso: outro dia sonhei que era Napoleão e, à diferença do original, botei os russos de joelhos… Foi o máximo de ousadia megalômana que me permiti. Mas vamos a alguns comentários (conforme o original).

Reinaldo escreveu: “(…). Imagino que tenha havido algum, não?, que começou a se diferenciar, numa experiência por alguma razão (ou milhões delas) irrepetível — pelo menos irrepetida até agora. Ou alguém já teria se mobilizado para criar um ser complexo a partir de uma ameba(…)
Você não entende nada de Evolução, hein!?
Para isto acontecer (surgir um ser complexo com ancestral unicelular) seria necessário milhares de anos. Mas esperar o que de um individuo que acredita que a terra foi feita em sete dias, e que a terra tem 6 mil anos.
Lamentável.
Publicar Recusar (Anônimo) 16:54
“Milhares” uma pinóia!, burrão! Milhões!!!, o que faz uma brutal diferença. Em termos de “evolução”, a expressão “milhares de anos” significa 20 minutos. Vá estudar você.

“Só fomos ficando desiguais porque os mais aptos foram ganhando o jogo dos mais fortes”
Você é tão “fera” em Darwin que ainda não entendeu nada do que disse o barbudo. Que dureza. Como você é raso.
Publicar Recusar (Chicote!) 13:48
Use o chicote no próprio lombo. Ou deixe que eu chicoteio. No texto, chamo a atenção para a ironia, fazendo blague com a leitura errada que atribui ao darwinismo a sobrevivência do mais forte. Fiz o chiste apenas para opor inteligência e método à força bruta. Aliás, de todo modo, você é um ponto fora de qualquer curva, não? Nem honra o mais forte nem o mais apto… Agora veja este outro, que pretende ser malvado e sutil:

Reinaldo Azevedo, noto que os teus excelentes textos de outrora a respeito do lulo-petismo, nos ultimos posts parece que você deu “uma manerada”. E discorre nalgumas redações que você foi chamado para uma conversinha com o chefe, pois a cabeça do mesmo (chefe) estaria à mesa caso a sua se livrasse.
PS: Me desculpe por usar este espaço, mas não encontrei uma outra forma de lhe passar o recado.
Publicar Recusar (Anônimo) 13:38
Eu sei que não deu pra entender direito porque ele escreve naquela estranha língua falada no cafofo das ratazanas. Está dizendo que fui convocado pelo Tribunal do Santo Ofício da VEJA para abjurar minhas convicções. E pior: ou eu era enquadrado, ou o meu cacique é que seria. E notou até que dei uma “manerada” (sic) com o lulo-petismo.

É… Sou o próprio Galileu Galilei da peça de Bertolt Brecht, só que ao contrário. Os dias, de fato, estão pra isso, mas ainda não na VEJA… Fui chamado, e os instrumentos de tortura me foram exibidos. E aí vieram as perguntas:
– Aceita a Teoria da Evolução, seu criacionista vagabundo?
Eu, balbuciante, temendo pelo meu futuro — e sem o meu “Andrea” a quem deixar a herança intelectual (leiam a peça…) —, fiz o quê? Disse: “Aceito”. Galileu, é certo, era um progressista. Eu abjurei, mas de um reacionarismo, né?

Continua após a publicidade

– Aceita que o petismo faz parte da Lei da Evolução da Política?
E eu, de novo, vislumbrando a solidão, a masmorra, disse: “Aceito”.

Mas, a exemplo de Galileu, tenho uma carta na manga. Fiquem certos. O Iluminismo triunfará agora, mas, no longo prazo, nós, os obscurantistas, venceremos!!! Voltaremos a colocar o criador no trono da ameba ancestral… Nem que leve mil anos! Quero dizer, um milhão…

Arre!

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.