Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

DEM entra com segunda representação contra Lula e Dilma no mesmo dia

Por Maria Clara Cabral e Nacy Dutra, na Folha Online: O DEM ingressou nesta segunda-feira com mais uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente Lula e a pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff (Casa Civil). Neste segundo documento, o partido alega que Lula realizou propaganda antecipada durante pronunciamento oficial […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 15h24 - Publicado em 3 Maio 2010, 20h10

Por Maria Clara Cabral e Nacy Dutra, na Folha Online:

O DEM ingressou nesta segunda-feira com mais uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente Lula e a pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff (Casa Civil). Neste segundo documento, o partido alega que Lula realizou propaganda antecipada durante pronunciamento oficial veiculado em cadeia nacional.
A assessoria jurídica do partido ressalta que o presidente desrespeita novamente as leis eleitorais, e ainda que de forma subliminar, tenta projetar a pré-candidatura Dilma.

Diz o documento: “sob o pretexto de divulgar os “feitos” do atual governo e saudar os trabalhadores do Brasil, o que fez o primeiro representado foi mais uma propaganda em favor da representada Dilma Roussef ao afirmar que “este modelo de governo está apenas começando”; que “este modelo vai prosperar”; que, para continuar crescendo, “é preciso que a gente continue tomando as decisões certas, nas horas certas’; que o Brasil tem ‘um povo maduro que sabe escolher”.

Horas antes, o partido já havia ingressado com outra representação contra o petista, Dilma e a CUT pelo pronunciamento feito no sábado, nas festas do Dia do Trabalho. Para embasar a acusação, o DEM anexou à representação a íntegra do discurso de Lula na festa da CUT, no qual defendeu o seqüenciamento do governo.

Na festa da Força Sindical Lula deu a receita para que seu governo tivesse seqüência: “Todos vocês sabem quem eu quero”.

Outro lado
O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), ironizou as representações. “Até outubro, eles vão entrar na Justiça por qualquer coisa”, disse.

Para o líder do governo, as declarações do presidente durante evento do Dia do Trabalho, em São Paulo, no último fim de semana, é “equilibrada” e “legal”. “Não era comício, era uma festa dos trabalhadores.”

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês