Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Defesa de Lula vai apontar abusos em inquérito sobre tráfico de influência

O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que vai apresentar reclamações ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na qual apontará que procuradores da República no Distrito Federal cometeram abusos e ilegalidades em inquérito sobre supostos crimes de tráfico de influência praticados por Lula no Brasil e no exterior

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h29 - Publicado em 22 fev 2016, 03h23

Na Folha:
O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que vai apresentar reclamações ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na qual apontará que procuradores da República no Distrito Federal cometeram abusos e ilegalidades em inquérito sobre supostos crimes de tráfico de influência praticados por Lula no Brasil e no exterior.

Segundo nota assinada pelo defensor de Lula, Cristiano Zanin Martins, a defesa também vai alegar ao presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Cláudio Lamachia, que na investigação houve cerceamento ilegal das prerrogativas dos advogados por parte do procurador da República Douglas Kirchner.

A divulgação da nota da defesa de Lula é uma reação à reportagem publicada pela revista “Época” a respeito de investigações da Procuradoria da República no Distrito Federal na qual Lula é acusado pela prática de tráfico de influência em favor do grupo Odebrecht.

Fazendo a ressalva de que as investigações “ainda não são definitivas”, a reportagem da revista diz que o ex-presidente atuou como operador da empresa em 2011, quando já havia deixado o governo, para destravar e agilizar contratos no exterior financiados pelo BNDES. Os procuradores em Brasília apuram as contratações do ex-presidente pela Odebrecht para dar palestras no exterior.

Na nota divulgada neste domingo (21), o defensor de Lula aponta que, na investigação, a Procuradoria da República no Distrito Federal “promove, a partir de ilações fantasiosas, verdadeira devassa sobre a vida pessoal e atividades profissionais do ex-presidente Lula, invadindo dados fiscais, bancários, comerciais e até viagens e hospedagem no exterior”
(…).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês