Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Comissão Especial do Senado aprova projeto de repatriação

Outros países já fizeram coisas semelhantes; projeto pode facilitar repatriação de recursos do crime organizado

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h58 - Publicado em 2 dez 2015, 16h25

Comissão Especial do Senado aprovou nesta quarta o projeto de repatriação de recursos de brasileiros no exterior não declarados à Receita Federal. A proposta, que já foi aprovada pela Câmara, estabelece que os contribuintes que aderirem ao programa de regularização não poderão ser processados por crimes como sonegação fiscal, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Ele segue, agora, para votação em regime de urgência no plenário do Senado, onde deverá ser analisado na semana que vem.

O projeto é uma das principais apostas do governo para recuperar o caixa da União. O Planalto estima arrecadar entre R$ 11 bilhões e R$ 21 bilhões com impostos em 2016. A quantia já está, aliás, na previsão orçamentária do ano que vem.

A aprovação aconteceu depois da troca de relator. O senador Walter Pinheiro, do PT da Bahia, que está migrando para a Rede, assumiu ontem o lugar que era de Delcídio do Amaral (PT-MS), que está preso.

Outros países já fizeram repatriação de recursos. Não há crime nenhum de lesa-pátria nisso. O problema do projeto, como está, é que não estabelece nenhuma peneira para distinguir dinheiro legal de ilegal, a depender de quem o repatrie.

Explico: um dinheiro não declarado que está no exterior foi enviado pra lá de maneira legal, mas ele pode ter sido legalmente ganho aqui no Brasil. Mas a fonte também pode ser ilegal, certo?, como tráfico de droga e contrabando. A lei não cria defesas para casos assim.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.