Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Afinidades eletivas ou quem elogia quem

Eh, beleza. O leitor acaba de me mandar o link. Fui ver. É mesmo verdade. Eu critiquei o texto de Laura Capriglione sobre a passeata dos “reacionários”, como vocês sabem. Um dos posts que tratam do assunto tem, até agora, 75 comentários; o outro, 185 — fora os que tive de cortar porque, desta vez, […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 22h16 - Publicado em 7 ago 2007, 01h16
Eh, beleza. O leitor acaba de me mandar o link. Fui ver. É mesmo verdade. Eu critiquei o texto de Laura Capriglione sobre a passeata dos “reacionários”, como vocês sabem. Um dos posts que tratam do assunto tem, até agora, 75 comentários; o outro, 185 — fora os que tive de cortar porque, desta vez, a indignação levou as pessoas a pesar demais a mão. Mas há quem tenha gostado muito do que ela escreveu. Às 17h08 desta segunda, Mino Carta publicou um elogio rasgado a Laura Capriglione. O post já recebeu três comentários!!! Nenhum sobre o assunto. Um dos internautas quis saber o que Mino acha da deportação dos cubanos. Ele, claro, não respondeu. Que cubanos???

Depois de elogiar Laura, Mino ataca João Dória Jr. e FHC. E, na conclusão, sabe-se lá por quê, do nada, queima o filme do ombudsman do jornal, Mário Magalhães, dispensando-lhe palavras doces — o mesmo Magalhães que, dia desses, criticou justamente o, como direi?, caráter de coluna de um texto de Laura. Justamente um em que acusava de reacionários os estudantes contra a invasão da USP, tratando-os como idiotas. O mesmo método usado para cobrir a passeata. A partir de agora, como sabemos, as opiniões deste gigante do jornalismo deixaram de ser clandestinas. Eu as divulguei.

Desculpo-me com Mário Magalhães por ter tornado público o apoio que Mino lhe dá… Já discordei do ombudsman algumas vezes, mas nada tão sério, até agora, que me faça lhe desejar uma coisa dessas. É que estranhei: Mino não é do tipo que faz elogios gratuitos.

PS: Vejam o meu post das 13h52 desta segunda. Seu título: “E a direita os (re)uniu”. O pessoal que faz passeata contra Lula conseguiu a proeza de juntar num mesmo grupo jornalistas que, até havia pouco, pareciam pertencer a correntes distintas. Eles estavam enganados sobre si mesmos. Eram todos da mesma turma.

Ainda que lhe faltem leitores, Mino é o honorável mestre dos gafanhotos. E isso reforça um texto que escrevi na madrugada passada. Para mim, é a prova de que se trata mesmo de um confronto entre o passado e o futuro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.