Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

A justa homenagem do Supremo a Ayres Britto

A fotografia de Ayres Britto, ministro aposentado do Supremo, passou a integrar a galeria de ex-presidente do tribunal. Neste blog, discordei muitas vezes de Britto; concordei com eles outras tantas. Uma coisa, no entanto, é certa: tanto num caso como no outro, eu lhe reconhecia independência intelectual. Não há um só ato seu que não […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 03h54 - Publicado em 8 Maio 2014, 04h36

A fotografia de Ayres Britto, ministro aposentado do Supremo, passou a integrar a galeria de ex-presidente do tribunal. Neste blog, discordei muitas vezes de Britto; concordei com eles outras tantas. Uma coisa, no entanto, é certa: tanto num caso como no outro, eu lhe reconhecia independência intelectual. Não há um só ato seu que não tenha concorrido para fortalecer a democracia e o estado de direito. A ele devemos também uma compreensão verdadeiramente iluminada sobre o valor da liberdade de imprensa. Abaixo, a foto da solenidade e o texto publicado no site do STF.

A foto do ministro aposentado Ayres Britto foi incluída na galeria de ex-presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), em tradicional cerimônia realizada na noite desta quarta-feira (7), no Salão Branco da Corte. Ele foi o 43º ministro do regime republicano a presidir o STF.

Ayres Britto

O atual presidente do Tribunal, ministro Joaquim Barbosa, declarou que o trabalho de Ayres Britto na Suprema Corte é “um exemplo para todos”. Ele enalteceu a ética e o saber jurídico do ministro aposentado e lamentou o fato de sua presidência ter sido encerrada antecipadamente, em novembro de 2012, por imposição constitucional, quando ele completou 70 anos.

“A presidência do ministro Ayres Britto foi esplendorosa e evidenciou a todo o país a sua devoção à causa pública. O seu saber jurídico e humanístico, a justeza de seus posicionamentos, sua excepcional cordialidade e alegria resplandecem no STF por meio de seu legado, não apenas durante a presidência, mas também por meio dos relevantes casos julgados sob sua relatoria”, ressaltou Barbosa.

Em discurso improvisado e emocionado, Ayres Britto agradeceu aos ministros com os quais trabalhou. “São todos competentíssimos e pude aprender muito com eles”, afirmou. O ex-presidente do STF também declarou sua felicidade por ter trabalhado na Suprema Corte, lembrando que foi “feliz, totalmente feliz” nesta Casa.

O evento contou com a presença de ministros do STF, magistrados e políticos, além de amigos e familiares de Ayres Britto.

Continua após a publicidade

Publicidade