Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Witzel diz ter aval do TSE para disputar governo do Rio

Ex-governador teve mandato cassado em abril de 2021

Por Lucas Vettorazzo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 3 ago 2022, 18h50 - Publicado em 3 ago 2022, 17h00

O ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel disse que está apto a concorrer novamente ao posto ao qual foi eleito em 2018, mesmo depois do processo de impeachment que o retirou do cargo em abril do ano passado.

O tribunal misto composto por parlamentares e magistrados do TJRJ decidiu pela cassação do mandato do então governador —aquela altura, ele estava afastado por suspeitas de corrupção. Também ficou decidido pela proibição de que ele assumisse cargo público no período de cinco anos.

Witzel contesta a decisão em uma ação do STF que ainda não transitou em julgado. O ex-governador e o seu novo partido, o PMB, bancam que ele esta apto a concorrer a um cargo eletivo neste ano.

“Sou candidato a governador. Não tenho condenação. Minhas contas foram aprovadas pela Alerj. Zero boletos reprovados. Nos vemos no dia 2 de outubro”, disse ele, em postagem nesta quarta-feira.

A convenção estadual do PMB na semana passada referendou o nome de Witzel. O partido e o candidato se fiam em uma declaração do TSE do último dia 30 que indica que Witzel está “quite com a Justiça Eleitoral”.

Continua após a publicidade

A certidão menciona resolução do TSE de 2004 que diz que “o conceito de quitação eleitoral reúne a plenitude do gozo dos direitos políticos, o regular exercício do voto, salvo quando facultativo, o atendimento a convocações da Justiça Eleitoral para auxiliar os trabalhos relativos ao pleito, a inexistência de multas aplicadas, em caráter definitivo, pela Justiça eleitoral e não remitidas, excetuadas as anistias legais, e a regular prestação de contas de campanha eleitoral, quando se tratar de candidatos”.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.