Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Textor diz que dará nomes de jogadores em reunião secreta de CPI do Senado

Acionista majoritário da SAF do Botafogo afirma querer provar que jogos foram manipulados para Justiça Desportiva, polícia e Senado investigarem

Por Nicholas Shores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h07 - Publicado em 22 abr 2024, 16h28

O acionista majoritário da SAF do Botafogo, John Textor, pediu aos senadores da CPI da Manipulação de Jogos uma reunião a portas fechadas para apresentar provas detalhadas e o nome de jogadores de clubes da Série A do Campeonato Brasileiro que, segundo ele, tiveram desvios de conduta suficientes para levantar a suspeita de que atuaram para direcionar os resultados de partidas.

Ele afirmou que quer provar que os jogos foram manipulados para Justiça Desportiva, polícia e Senado investigarem.

Em sua fala inicial, o bilionário norte-americano afirmou que começou a suspeitar de manipulação quando assistia, em 27 de agosto de 2023, à vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Vasco, em que a equipe carioca teve um gol anulado.

De acordo com o empresário da Eagle Football, a linha do VAR que determinou a marcação do impedimento foi traçada de forma propositadamente enviesada — e, se tivesse sido desenhada corretamente, teria resultado na validação do gol cruzmaltino.

Continua após a publicidade

Textor também citou a goleada do Palmeiras sobre o São Paulo por 5a 0, em 25 de outubro de 2023. Disse que, com uma metodologia baseada em inteligência artificial, detectou um número muito acima da média de “deficiências” nas ações de cinco jogadores do tricolor paulista.

Em repetidas ocasiões, o sócio majoritário do Botafogo disse que a tecnologia da empresa Good Game!, à qual tem recorrido, aponta “como”, mas não “por que” partidas foram manipuladas.

Apesar de ter colocado, várias vezes, a lisura da conquista das edições do Brasileirão de 2022 e 2023 pelo Palmeiras em xeque, Textor insistiu que nunca acusou o clube alviverde de estar por trás da manipulação da qual, segundo o norte-americano, teria supostamente se beneficiado.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.