Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Petrobras admite na Justiça a corrupção que o PT quer esconder

'Dentre os diversos delitos identificados, foi comprovada a existência de um esquema de corrupção', diz a estatal em recurso contra Antonio Palocci

Por Robson Bonin Atualizado em 1 nov 2021, 08h40 - Publicado em 30 out 2021, 12h10

A Petrobras acionou a Justiça para interromper a prescrição de processos contra Antonio Palocci, o ex-ministro que delatou mesadas e mordomias de Lula bancadas por empreiteiras que superfaturavam contratos na estatal.

No pedido, a companha busca obter tempo para cobrar do delator o ressarcimento pela roubalheira. A manifestação da petroleira, no entanto, é um duro golpe na narrativa petista que tenta apagar a corrupção na estatal.

“Dentre os diversos delitos identificados, foi comprovada a existência de um esquema de corrupção por meio do qual empreiteiras cartelizadas e empresas privadas não integrantes do cartel, contratadas para a execução de obras da Petrobras, acordavam o pagamento de um percentual dos valores dos contratos como propina, em troca do beneplácito de diretores e empregados de alto escalão à consecução de interesses das pessoas jurídicas junto à esta Companhia Estatal”, diz a Petrobras.

“Esses recursos eram recebidos por operadores financeiros – profissionais dedicados à lavagem do dinheiro – a mando dos ex-diretores e ex-empregados da Petrobras, que em seguida promoviam a repartição do dinheiro entre os próprios agentes públicos, partidos políticos e agentes políticos”, segue a estatal.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)