Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Decisão do STF mantém impedimento para juiz julgar parente, diz AMB

A Associação dos Magistrados Brasileiros alega que a lei atual tem uma lacuna que impõe ao juiz uma obrigação impossível de ser cumprida

Por Redação
Atualizado em 13 Maio 2024, 22h37 - Publicado em 23 ago 2023, 14h30

Autora da ação sobre impedimento dos juízes em ações patrocinadas por escritórios de advocacia de seus parentes, a Associação dos Magistrados Brasileiros saiu em defesa do STF, que deu razão aos argumentos apresentados pela categoria — por 7 votos a 4, em julgamento virtual.

Segundo a AMB, a ação e decisão do Supremo não mudam nada na atual regra que impede os juízes de julgarem causas em que o escritório de advocacia de seus parentes defenda uma das partes.

A associação alega que a lei atual tem uma lacuna que impõe ao juiz uma obrigação impossível de ser cumprida: se declarar impedido também nos casos em que o cliente de seus parentes contrata outro escritório de advocacia, sem relação com os familiares do julgador.

“O impedimento do juiz no processo, quando nele estiver postulando, como defensor público, advogado ou membro do Ministério Público, seu cônjuge ou companheiro, ou qualquer parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, não foi questionado pela AMB”, sustenta o presidente da entidade, Frederico Mendes Júnior.

“Questionamos outro item da mesma lei, que é o inciso oitavo. Na prática, ele é inexequível. O juiz não tem como saber que a parte, em outras demandas na Justiça, é cliente de escritório de um parente seu, tal informação não consta no processo. Da mesma forma, não é possível exigir dos cidadãos que apresentem, na petição, a lista detalhada de todos os seus advogados, tampouco dos advogados que forneçam ao juiz os nomes completos de todos os seus clientes”, argumenta Mendes Júnior.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.