Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Contrariando determinação da Defesa, Exército volta a gastar com cerveja

Braga Netto anunciou em maio do ano passado a suspensão da compra de bebidas alcoólicas pelas Forças Armadas

Por Robson Bonin 7 jan 2022, 15h10

Não é só pelo dinheiro, mas pelo simbolismo. A Secretaria Geral do Exército, sediada no Quartel General em Brasília, anunciou nesta sexta-feira a compra de “gêneros de alimentação e panificação” para atender às necessidades do hotel de oficiais, subtenentes e sargentos.

A lista de “gêneros de alimentação” inclui 200 pacotes com 12 unidades de “cerveja com álcool da marca Skol”. O custo total para o contribuinte brasileiro só com cerveja é calculado pelo Exército em 5.768 reais.

É bom lembrar que o ministro da Defesa, general Braga Netto, anunciou em maio do ano passado a suspensão da compra de bebidas alcoólicas pelas Forças Armadas com dinheiro público, assunto que já rendeu até investigação do TCU.

Publicidade