Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

CNJ abre procedimento para investigar juiz do caso Mariana Ferrer

Corregedora, ministra Maria Thereza de Assis Moura pediu informações ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina

Por Mariana Muniz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 3 nov 2020, 18h00 - Publicado em 3 nov 2020, 17h37

A Corregedoria Nacional de Justiça abriu procedimento disciplinar para apurar a conduta do juiz Rudson Marcos, do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, na condução de audiência em processo criminal movido pelo Ministério Público daquele Estado contra o empresário André de Camargo Aranha — acusado da prática de suposto crime de estupro de vulnerável.

No processo, a corregedora nacional de Justiça, ministra Maria Thereza de Assis Moura, pediu informações sobre a existência de eventual apuração sobre o mesmo fato junto à Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do estado.

A reclamação foi aberta após pedido do conselheiro Henrique Ávila. Ainda nesta terça-feira, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) também acionou o CNJ pedindo a apuração da conduta do magistrado.

No documento, o senador diz que a postura do juiz, ao presidir a audiência, é “inaceitável” por permitir que “o advogado de defesa dirigisse à vítima do potencial crime toda sorte de acusações contra a sua honra e dignidade, humilhando-a de modo imperdoável”. 

“Permitir que um advogado se dirija a uma senhorita de pouco mais de vinte anos para atentar de modo covarde contra a sua honra e a sua dignidade é absolutamente inaceitável”, aponta. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.