Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Caro ostracismo

O ostracismo político do marido custou caro a Weslian Roriz, agora candidata a primeira suplente de Gim Argello, que concorrerá ao Senado na chapa de José Roberto Arruda. Para quem não ligou no nome à figura, trata-se da mulher de Joaquim Roriz, que entrou para a história das eleições ao protagonizar cenas patéticas num debate […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h27 - Publicado em 18 jul 2014, 18h21
Patrimônio menor

Patrimônio menor

O ostracismo político do marido custou caro a Weslian Roriz, agora candidata a primeira suplente de Gim Argello, que concorrerá ao Senado na chapa de José Roberto Arruda.

Para quem não ligou no nome à figura, trata-se da mulher de Joaquim Roriz, que entrou para a história das eleições ao protagonizar cenas patéticas num debate transmitido pela Globo, em 2010.

Na ocasião, completamente atrapalhada, Weslian chegou a cometer um ato falho e mandar, em rede nacional:

– Quero defender toda aquela corrupção.

Mas a situação atual de Weslian é pior do que a de quatro anos atrás, pelo menos a financeira. Em 2010, Weslian declarou 5,2 milhões de reais em patrimônio.

Desta vez, a representante do clã Roriz informou à Justiça Eleitoral um montante quase oito vezes menor: 659 000 reais.

Continua após a publicidade

Publicidade