Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Brasil desconhece alcance da manipulação em esportes olímpicos

Apesar de ter departamento de integridade, Comitê Olímpico Brasileiro não faz monitoramento das oscilações em apostas

Por Nicholas Shores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 jun 2023, 17h30 - Publicado em 26 jun 2023, 15h21

O número de casos de possível manipulação no esporte olímpico pelo mundo cresceu 236% de 2019 para 2022, de acordo com o relatório anual da Sportradar, empresa que faz o monitoramento de oscilações em apostas para a CBF

No Brasil, contudo, esse número é desconhecido, uma vez que, apesar de o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) já ter um departamento de integridade e um código específico sobre o tema, ainda não monitora ostensivamente as oscilações em apostas nas variadas modalidades.

Até agora, o único caso de possível manipulação de que se tem notícia, no vôlei, foi detectado a partir de uma denúncia anônima, e está em investigação sob sigilo na Polícia Federal.

Com o departamento de integridade a postos e o código para prevenção e combate à manipulação pronto, o COB avalia propostas de parceria para iniciar o monitoramento de apostas, mas enfrenta o desafio de acompanhar todas as modalidades filiadas ao comitê e definir como pagar pelo serviço.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.