Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

A conversa do presidente do União Brasil com Gleisi sobre aliança com Lula

Luciano Bivar chegou no fim da tarde desta quarta à sede do gabinete de transição, em Brasília, para conversar com a presidente nacional do PT

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 16 nov 2022, 18h36 - Publicado em 16 nov 2022, 18h30

O presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, chegou no fim da tarde desta quarta-feira ao CCBB, sede do gabinete de transição de Lula em Brasília, para conversar com a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, sobre a possível aliança do partido com o novo governo.

“O União Brasil está muito orgânico, está muito unido”, disse o deputado federal reeleito por Pernambuco, na chegada ao local.

Questionado sobre quadros do partido contrários à aliança, como o ex-ministro Mendonça Filho, também eleito para a Câmara dos Deputados por Pernambuco, Bivar respondeu que “não existe lobo solitário” no União Brasil.

Ele comentou que estava vindo de uma reunião com “todos os líderes” da legenda e disse que “a gente quer fortalecer a democracia”. Entre os correligionários, o parlamentar citou o senador Davi Alcolumbre, o governador reeleito de Goiás, Ronaldo Caiado, que apoiou o presidente Jair Bolsonaro nas eleições, o ex-prefeito de Salvador e secretário-geral do partido, ACM Neto, e o vice-presidente do União Brasil, Antônio de Rueda.

Continua após a publicidade

“Isso é que é importante, não é? A República não pode correr risco. Isso é que empresta União Brasil a qualquer poder nesse país que represente realmente a democracia”, acrescentou Bivar.

Indagado se é a ala bolsonarista da legenda que está impedindo a concretização da aliança com o governo Lula, ele respondeu que “não tem nada dificultando”.

“Nós temos que conversar, nós todos somos políticos, somos parlamentares. Precisamos saber o que é que a gente pode fazer pra ajudar a democracia”, declarou.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.