Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

A angústia dos aliados com a lentidão de Bolsonaro sobre 2022

Sem máquina partidária nem estrategista, presidente perde tempo, na visão de aliados, enquanto Ciro se une a João Santana e Lula usa o PT

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
1 Maio 2021, 12h25

Com Ciro Gomes abraçado a João Santana e Lula pendurado na máquina petista, a ala mais próxima ao centrão no governo começou a cobrar Jair Bolsonaro, ainda sem partido nem estrategista.

Um ministro que acompanhou Bolsonaro numa viagem recente, diz que até a comitiva presidencial cobre as agendas de Bolsonaro com amadorismo: “Só uns celulares filmando, coisa improvisada”.

O bolsonarismo que depende de votos para se manter na Câmara e no Senado anda em desespero com a falta de pressa de Bolsonaro. Avalia que não há mais uma onda contra a política e que Bolsonaro não terá mais importantes bandeiras para carregar na campanha.

Lava-Jato? Ele foi o presidente que disse que acabou com a operação, mesmo tento sido eleito com a promessa de fortalecer as ações.

Continua após a publicidade

Sergio Moro? O ministro que teria carta branca para promover o maior combate à corrupção dos últimos tempos foi varrido do governo por não concordar com o aparelhamento da Polícia Federal pelo presidente, que não queria “ferrar um amigo meu ou parente” com investigações.

Sem a bandeira do combate à corrupção, Bolsonaro precisará de uma nova onda contra o PT para conseguir votos. É aí que Lula entra no jogo.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.